11º Festim arranca a 19 junho, em Águeda!

 

A 11ª edição do Festim – festival intermunicipal de músicas do mundo vai dar vida às noites de Águeda, Albergaria-a-Velha, Sever do Vouga, Estarreja, Oliveira do Bairro e Oliveira de Azeméis, entre os días 19 de junho e 25 de julho.

O Festim é o único festival português a integrar a rede europeia “European Forum of Worldwide Music Festivals” e conquistou, pela terceira vez, o selo de qualidade EFFE – Europe for Festivals, Festivals for Europe.

Os Hang Massive (Inglaterra / Suécia) são os convidados para a noite de abertura, a 19 de junho, véspera de feriado, no CAA – Centro de Artes de Águeda.

Segue-se o flamenco de Rocío Márquez (Espanha), em Albergaria-a-Velha (21 junho) e Sever do Vouga (22 junho).

No fim-de-semana seguinte, a 27 e 28 de junho, os Municípios de Albergaria-a-Velha e Sever do Vouga recebem mais um nome que promete festa: Nomfusi (África do Sul).

Da Rússia, Otava Yo vão mostrar com quanta energia se faz um Festim, dia 28 de junho em Oliveira do Bairro e, a 29 de junho, em Oliveira de Azeméis.

Volosi (Polónia) chegam a Portugal pela primeira vez, para dois concertos: em Estarreja (5 julho) e Sever do Vouga (6 julho).

De Cuba, Vocal Sampling instalam-se durante três noites: Águeda (11 julho), Estarreja (12 julho) e Albergaria-a-Velha (13 julho).

Da Irlanda, Sharon Shannon traz o seu acordeão diatónico para Águeda, a 18 de julho.

Para a despedida da 11ª edição, Sara Tavares apresenta-se em Águeda, pela primeira vez, a 25 de julho.

Os bilhetes para os concertos em sala já estão disponíveis e podem ser adquiridos online, através dos links apresentados em festim.pt.

Que comece a 11ª edição do Festim!

 

Sobre os protagonistas:

Hang Massive | Suécia / Inglaterra

Do top de visualizações do youtube para os palcos, Hang Massive são um fenómeno global e chegam ao Festim após uma digressão por mais de vinte países. Danny e Markus são ambos tocadores de hang, fascinante instrumento inventado há apenas duas décadas, cujo magnífico som resulta das vibrações de uma espécie de disco voador metálico. O concerto ao vivo de Hang Massive, inspirado no seu último disco “Luminous Emptiness”, leva-nos por uma viagem interior épica, numa fusão especial entre a incrível sonoridade acústica do hang e os ambientes eletrónicos. O Festim 2019 começa com música na ponta dos dedos.
Danny Cudd – hang
Markus Offbeat – hang

Rocío Márquez | Espanha

Rocío Márquez, deslumbrante figura do cante flamenco, é dona de uma voz e de um virtuosismo raros. A sedução do flamenco em pessoa. Tornou-se uma das ‘cantaoras’ da sua geração com maior projeção, vivendo na confluência do flamenco com outras linguagens. Vários álbuns e prémios depois, Rocío tem uma carreira sólida pelos palcos do mundo, arriscando e inovando caminhos para a sua música. Com o seu novíssimo álbum “Visto en el Jueves” na bagagem, Rocío Márquez promete, em duas arrebatadoras noites de Festim, um exercício de modernidade sobre a memória cultural do flamenco. Olé!
Rocío Márquez – voz
Canito – guitarra
Agustín Diassera – percussão

Nomfusi | África do Sul

Nomfusi é conhecida pelas suas indomáveis performances. Formada na rica tradição do jazz sul-africano, o seu raro alcance vocal atinge uma força quase inexplicável, principalmente por vir de uma figura de apenas metro e meio de altura. Com uma história de vida bastante vincada, a sua capacidade de superação sobe ao palco em cada concerto, em cada canção. Este é um encontro entre a terra e a alma. A eletrizante Nomfusi é uma das maiores estrelas atuais da música negra e vem finalmente ao Festim, com a promessa de duas grandes noites!
Nomfusi Gotyana – voz
Mark Williams – guitarra, voz
Sebastian Gieck – baixo
David Wöhrer – bateria
John Amoako – teclados

Otava Yo | Rússia

Imagine-se um bando de músicos, saídos das melhores escolas de música erudita, que pegam em antigas canções tradicionais russas e as transformam em hits construídos propositadamente para dançar, seja de forma ordeira ou mais ou menos caótica. Junte-se a isso uma dose de sentido de humor, um visual original, vozes pujantes e a convivência de instrumentos tradicionais e elétricos para se começar a perceber o que nos espera. Trazem as orgulhosas tradições do folclore russo para a era digital. Da Rússia, com amor, os Otava Yo mostram-nos com quanta energia e loucura se faz um Festim!
Belkin Alexey – gaita de foles, gusli, zhaleika
Sergeev Petr – bombo
Shikhardin Dmitrii – violino, voz
Skosyrev Aleksei – guitarra e voz
Lina Kolesnik – violino e voz
Nikiforov Denis – percussão
Telegin Vasilii – baixo 

Sharon Shannon | Irlanda

Já faltava a Irlanda no Festim. Sharon Shannon é uma das grandes intérpretes mundiais do acordeão diatónico (congénere da ‘nossa’ concertina). Com mais de uma dúzia de discos em nome próprio, domina o instrumento como ninguém. Mundialmente respeitada e profundamente talentosa, tornou-se conhecida por ampliar os horizontes da música tradicional irlandesa ao longo das últimas décadas. A música trepidante de Sharon Shannon e dos seus músicos leva o público ao limite, com as festivas melodias celtas e os ritmos exuberantes da velha Irlanda. Ei-la, no Festim, para um concerto único!
Sharon Shannon – acordeão diatónico
Jim Murray – guitarra acústica
Gareth Maher – guitarra elétrica e voz
John Regan – violino, stomp box e voz

Sara Tavares | Portugal / Cabo Verde

Chegou aos nossos ouvidos há mais de vinte anos e, desde então, a sua música tem viajado pelos quatro cantos do mundo. É nessas viagens que descobre uma nova simplicidade e constrói um registo muito pessoal, hoje inconfundível. Com vários prémios e muitos palcos partilhados, Sara Tavares traz-nos o bom feeling das raízes cabo-verdianas em todos os acordes e letras que escreve. A sua voz autêntica, ternurenta e doce contrasta com uma inesgotável energia em palco, fazendo qualquer corpo gingar ao som da sua música. Com Fitxadu, o seu novo álbum, Sara vem ao Festim sussurrar-nos “coisas bunitas”!
Sara Tavares – artista
Rolando Semedo – guitarra
Ivo Costa – bateria
Ivan Gomes – guitarra
João Gomes -teclados
Rui Vaz – baixo

Fonte: newsletter e site do Festim