A farmácia ayurvédica | Saúde e bem-estar

 

As plantas são utilizadas na medicina ayurvédica para equilibrar os doshas. Há as depurativas, estimulantes, digestivas, nutritivas… De acordo com a sua finalidade, utiliza-se uma parte da planta ou outra (casca, folhas, talos, raízes, frutuos ou sementes). Podem tomar-se em infusões frias ou quentes, em jejum ou durante as refeições.

Com elas fabricam-se óleos essenciais utilizados para as massagens e óleos vegetais para os tratamentos de beleza e cuidado da pele. Os seus resultados serão melhores se a pessoa que utiliza as plantas as cultivar no seu jardim.

Alho – Apesar do bolbo ser muito utilizado na cozinha, na medicina ayurvédica são usadas todas as partes da planta. Facilita a digestão, elimina gazes e alivia náuseas. É desintoxicante e depura o sistema linfático. Combate estados febris e, pelas suas propriedades antibióticas, serve para tratar a bronquite e as constipações.

Aloe Vera – esta planta representa a energia feminina. Utilizada como gel, cura as feridas e combate problemas cutâneos, como herpes, eritemas, inflamações, alergias… Também alivia problemas de estômago. Utiliza-se para potenciar a fertilidade feminina e mitiga as cãibras e dores de cabeça que ocorrem durante a menstruação.

Centelha Asiática – É utilizada como tónico em problemas do sistema nervoso, revitaliza as células cerebrais e elimina os bloqueios nos transmissores do sistema nervoso. Estimula a memória e favorece a concentração. Pelas suas propriedades sedativas, ajuda a combater a insónia. Elimina impurezas e ajuda em processos de desintoxicação.

Cúrcuma Longa – Possui um grande valor nutritivo. Tem propriedades anti-inflamatórias, ajuda a eliminar o colesterol mau (LDL) e regula as funções hepáticas. É utilizado para aliviar sintomas de alzheimer e de demência. Atualmente, estão a ser realizados inúmeros estudos devido às suas propriedades cancerígenas.

Guduchi – O seu nome significa “imortalidade”. Muito valorizada na Índia, pois é conhecida como o elixir da vida e a protetora do corpo, uma vez que reforça o sistema imunitário, tonifica o corpo e abre o apetite. Utiliza-se em problemas hepáticos ou de coração, pois limpa as artérias e estabiliza a tensão arterial.

Gengibre – Habitualmente utiliza-se como complemento alimentar porque tem muitas propriedades para a saúde. Combate o mau hálito e alivia os problemas digestivos. É antissético, antifúngico e antiemético. É um remédio eficaz para os problemas respiratórios (bronquite, tosse, constipação…) e elimina a mucosidade. Ajuda a eliminar pedras e cálculos no rim. Como é anti-inflamatório, alivia as dores articulares. Também se usa para bochechar em caso de infeções dentárias.

Neem – É uma das plantas mais valorizadas pela Ayurveda. É uma árvore originária da Índia, da qual se aproveitam todas as partes. Possui um alto valor nutritivo e reforça o sistema imunitário. As suas aplicações são múltiplas: é antiácido e previne as úlceras, elimina os fungos, ajuda a cicatrizar as úlceras da pele, trata a psoríase e a tinha, e equilibra os níveis de glicose no sangue. Também é utilizada como espermicida e é um bom repelente de insetos.

Pimenta preta – É utilizada como condimento alimentar em todo o mundo, e também para se fazer tisanas com ela. Utiliza-se para combater a acidez, a diarreia, a flatulência e para limpar o trato digestivo. Possui propriedades antiespasmódicas. Também se usa para limpar as vias respiratórias, nas lavagens nasais ou para fazer gargarejos se a garganta está irritada. Não se deve abusar da pimenta preta, pois produz irritações no trato intestinal.

Fonte: Guia Astrológico 2018

 

Poderá também gostar de ler sobre

Guia para plantar aromáticas e legumes em casa
Ter hortícolas e aromáticas sempre à mão para uma alimentação mais saudável, com produtos biológicos saídos diretamente da varanda, janela ou marquise e, como poderá ler nas linhas que se seguem, muito fácil e extremamente recompensador. Continuar a ler…

Saiba o que deve comer para dormir bem
Sabia que pode melhorar a qualidade do seu sono com a ajuda de alguns alimentos? Por outro lado, deverá evitar outros para dormir melhor. Fique a conhecer os aliados e os inimigos, a nível alimentar, para noites descansadas. Continuar a ler…

Fitoterapia – os benefícios de algumas ervas aromáticas
A história da fitoterapia (tratamento à base de plantas) é tão velha como o mundo, Desde o início dos tempos que o Homem procurou manter a saúde e curar as doenças através do uso de certas plantas, muitas delas conhecidas entre nós como “ervas aromáticas”. Continuar a ler…