Actividades agrícolas e outras em Janeiro

Neste artigo poderá ficar a saber quais as tarefas que pode e deve executar, durante o mês de Janeiro

Na horta

Em Janeiro, prosseguir a preparação de canteiros, talhões e leiras, cuja terra deverá ficar muito limpa, fofa e sem torrões.

Como neste mês são frequentes as geadas, as plantas devem ser cobertas de noite, com esteiras, giestas, urzes, etc.

Semeia-se fava, ervilha, alface, rabanetes, couve-flor, bróculo, repolho, cebola, cenoura, etc.

Criar em viveiros todas as hortaliças.

No pomar

Plantar árvores de fruto; cavar os pomares de modo a não ofender as raízes.

Arrancar as árvores decrépitas e pouco produtivas, e substituí-las por outras de boa qualidade e sãs;

Limpar e raspar os troncos e pernadas principais das árvores fruteiras dos musgos e líquenes.

Enxertia de garfo nas amendoeiras.

No campo

Janeiro é o mês das lavouras da terra.

Preparação de todas as culturas do Inverno e das terras para batatal (iniciando-se, onde for possível, a plantação da batata precoce).

Para evitar quaisquer possibilidades de alagamento ou encharcamento deve manter-se em estado de eficiência a rede de drenagem de terrenos.

No jardim

Nos terrenos enxutos, já se pode semear sécias, zínias, papoulas, goivos, girassóis, miosótis e todas as plantas anuais ou de estação.

Planta-se quase tudo neste mês de Janeiro.

Quem ainda não podou as roseiras não deve deixar de o fazer agora, convindo também adubar bem os jardins, sem o que não se pode obter flores.

Na vinha

Mergulhar vide, podar e meter bacelo.

Limpar as cepas até às raízes principais, descascando-as à mão ou com raspadores apropriados, as quais devem, em seguida, ser pinceladas ou pulverizadas com caldas ferro-cálcidas ou oleosas, indicadas para o efeito.

Desinfectar (com produtos apropriados) as videiras que foram atacadas pela fumagina ou pelo algodão.

Na adega

Vigiar os vinhos novos, acompanhando a evolução da sua acidez volátil e transfegando os que ainda se encontram com borras.

As vasilhas com vinhos devem estar completamente cheias e bem arrolhadas.

Animais

Abrigam-se as galinhas do frio e da humidade, mantendo-se o solo das capoeiras seco e limpo. Excitam-se-lhes a postura dando-lhes aveia e trigo-sarraceno.

Vacinar o gado bovino, cavalar, ovino e caprino, além dos porcos contra as doenças rubras.

Nos olivais

Concluída a colheita, faça a lavoura ou escarificação a 0,20-0,30m.

Plante oliveiras nas covas previamente preparadas.

A partir de meados do mês, comece a poda e aproveite os melhores ramos para instalar viveiros de estancaria.

Nas matas

Prossiga a desmoita nos montados de sobro para evitar o perigo de incêndios no Verão.

Comece a poda de limpeza de sobreiros e azinheiras.

Poderá ainda semear alguns matos, como tojos, giestas, etc.

Nos currais

As vacas leiteiras devem ser alojadas em lugar onde a temperatura não seja muito baixa; evite dar-lhes, de manhã, forragens verdes e molhadas e água muito fria.

Deve aplicar superfosfato de cálcio (super 18) para diminuir a humidade e fazer uma certa desinfecção à cama, contribuindo, assim, para a conservação dos estrumes.

Nos apiários

É absolutamente necessário que as abelhas passem o Inverno bem protegidas dos rigores da estação e tenham provisões em abundância.

Aproveite o período de repouso para mudar as colmeias ou cortiços para lugares com melhor exposição.


Obras de JANEIRO

conforme Plínio, in “Lunário Perpétuo”, de 1901

No crescente da Lua de Janeiro devem os agricultores enxertar as árvores que dão flor temporã, como são amendoeiras, pessegueiros, ameixieiras e outras semelhantes. Devem semear em terras quentes as pevides azedas de laranjas, limões, limas e cidras. Deitar galinhas, plantar roseiras, pôr bacelos, e fazer mergulhias.

No minguante convém cortar madeira para edifícios de árvores que perdem a folha, e estacas para vinhas; podá-las, porém só aquelas que estiverem em terras quentes, limpar as árvores, mondar os trigos, estercar as vinhas e hortas, semear alhos e cebolas. Toda a coisa que se houver de colher para guardar, ou castrar, podar ou roçar, se deve fazer no minguante da Lua.

Se nesse mês se ouvirem os primeiros trovões, significa fertilidade de frutos, e esterilidade de bosques e campos, abundância de águas, ventos doentios, e mortes de gado onde se ouvirem os ditos trovões.