Actividades nos currais, ao longo do ano

Os currais são espaços delimitados, fechados, normalmente tapados (pelo menos em parte), e onde se guarda o gado, particularmente durante a noite, ou quando as condições climatéricas não permitem que os animais andem sempre ao ar livre.

Janeiro

As vacas leiteiras devem ser alojadas em currais onde a temperatura não seja muito baixa; evite dar-lhes, de manhã, forragens verdes e molhadas e água muito fria.

Deve aplicar superfosfato de cálcio para diminuir a humidade e fazer uma certa desinfeção à cama, contribuindo, assim, para a conservação dos estrumes.

Fevereiro

Forneça às vacas leiteiras suplementos alimentares (concentrados ou cereais).

Após o parto, durante os primeiros 8 a 10 dias, devem alimentar-se especialmente de palhas ou fenos com inclusão de algumas verduras.

Março

Substitua, pouco a pouco, a alimentação de Inverno pelo regime verde que não deve ser dado molhado nem fermentado.

Os ovinos devem ser preparados para a tosquia.

Inicie o tratamento contra o parasitismo interno (distomatose e estrongilose gastro-intestinais e pulmonares).

Comece a preparar os carneiros para a reprodução.

Abril

Preste a maior atenção à alimentação das vacas leiteiras, sendo conveniente juntar um suplemento às rações normais e ser uma alimentação à base de verduras dos animais estabulados.

Proceda à vacinação das diferentes espécies animais de acordo com as doenças habituais.

Início da cobrição das ovelhas.

Maio

Prossiga as vacinações já indicadas nos meses anteriores.

Tosquie as ovelhas e posteriormente dê um banho ou uma pulverização com inseticida.

Prossiga a cobrição das ovelhas.

Junho

Termine a tosquia das ovelhas. Junte superfosfato de cálcio às camas do gado, que atuará como desinfetante e agente enriquecedor dos estrumes.

Julho

Evite a entrada de moscas nos currais ou estábulos. Mude, pouco a pouco, o regime alimentar do gado. Prossiga a cobrição de cabras e ovelhas.

Agosto

Os potros e mulas que tenham completado seis meses de idade devem ser desmamados, pouco a pouco; devem ser fornecidos suplementos alimentares ao regime de forragens.

Setembro

Aproximando-se a época dos partos, deve melhorar a alimentação das ovelhas para se obter melhores crias.

Continue com os tratamentos antiparasitários.

Outubro

A partir da segunda quinzena do mês, dê início à cobrição das porcas para que as crias beneficiem do clima mais ameno da época em que venham a nascer.

Atenção e cuidado com as ovelhas em parição.

Novembro

Submeta o gado bovino a uma alimentação mista ou seca à base de feno, palha e grão, a que é útil juntar um pouco de sal comum. Forneça aos bovinos algum feno antes de seguirem para as pastagens e após o seu regresso. Estes animais não devem ir para o pasto antes da erva estar enxuta.

Dezembro

Tenha cuidado com o estado das unhas dos ovinos para evitar a pieira. Dar banho às patas com uma solução de sulfato de cobre a 5%.