Concurso de Textos de Amor – Manuel A. Pina

O Museu Nacional da Imprensa promove, a partir do dia 13 de fevereiro, o Concurso Nacional Textos de Amor Manuel António Pina, em homenagem ao jornalista e escritor vencedor do Prémio Camões 2012.

A iniciativa, especial para o Dia dos Namorados, prolonga-se até 19 de fevereiro (domingo) em busca de textos de amor originais. O melhor será premiado com uma viagem à Madeira para duas pessoas.

Durante a “semana dos namorados”, o Museu estará aberto à receção de textos especiais alusivos ao amor e os visitantes poderão imprimir, nos prelos-relíquia, poemas de diversos autores.

Dirigido aos cidadãos portugueses de qualquer idade, o concurso vai premiar os melhores textos concorrentes, em poesia ou prosa. Os prémios englobam viagens (à Madeira e cruzeiro no Douro), livros, jantares a dois e garrafas de vinho do Porto.

O Museu Nacional da Imprensa pretende, com esta iniciativa, estimular a revelação de novos autores, apelando à escrita de textos de caráter amoroso.

Os textos concorrentes devem ser registados num impresso próprio, disponível nas instalações do Museu e no sítio oficial, a partir do dia 13 de fevereiro.

REGULAMENTO

Fazendo do “Dia dos Namorados” o mote, o Museu Nacional da Imprensa promove um concurso, de âmbito nacional, destinado a premiar os melhores Textos de Amor. O concurso, iniciado em 2001, passou a ter, a partir de 2013, o nome de Manuel António Pina.

Descrição

Pretende-se que cada concorrente redija um texto de amor criativo, em prosa ou poesia.

Destinatários

Podem concorrer crianças, jovens e adultos portugueses, residentes em qualquer parte do País, ou no estrangeiro.

Objetivos

. Valorizar a escrita de textos de caráter amoroso;

. Reforçar as potencialidades criativas;

. Ativar as capacidades de expressão escrita;

. Promover a divulgação de textos inéditos de índole romântica.

Duração

13 a 19 de fevereiro de 2017.

Condições de Candidatura

1. Os textos concorrentes devem ser redigidas num impresso/formulário próprio, disponível nas instalações do Museu Nacional da Imprensa (E.N. 108, nº 206 // 4300-316 Porto) e no sítio oficial;

2. Cada participante poderá concorrer com um ou mais textos, desde que o faça em impressos/formulários separados;

3. Só serão admitidos a concurso os textos cujo impresso/formulário esteja devidamente preenchido (nome, profissão, morada e telefone do autor) e datado;

4. Qualquer participante pode concorrer com pseudónimo, desde que envie, em correio separado, a identificação exigida. O respetivo envelope será aberto durante a reunião do júri, após a atribuição dos prémios.

Critérios de valorização

1. Criatividade;

2. Correção linguística;

3. Qualidade literária.

Divulgação

1. Os textos que obtiverem melhor classificação serão divulgados, a par dos respetivos autores, através da Internet, num espaço próprio criado para o efeito no sítio oficial e através da imprensa, até final do ano em curso;

2. Os trabalhos premiados poderão ser publicados pelo Museu Nacional da Imprensa em edição sem fins lucrativos, não cabendo aos autores qualquer reclamação de direitos;

3. Caso sejam editados com fins lucrativos, a repartição de direitos será feita em partes iguais, entre o(s) autor(es) e o Museu Nacional da Imprensa.

Júri

O júri será constituído por um número ímpar de membros. As suas decisões serão soberanas e definitivas, não podendo ficar sujeitas a qualquer tipo de recurso ou reclamação.

Prémios

Os prémios serão constituídos por viagens para duas pessoas, livros e/ou CD-Roms.

Contactos

Museu Nacional da Imprensa | Estrada Nacional 108, nº 206, 4300-316 Porto | tel. 22 530 49 66 | fax 22 530 10 71 | e-mail mni@museudaimprensa.pt

Sítio oficial

www.museudaimprensa.pt