Confrarias são irmandades religiosas ou laicas

 

Se procurarmos em qualquer dicionário o significado de Confraria, encontramos, normalmente, as seguintes definições: «Associação com fins religiosos», «Associações antigas que eram constituídas por pessoas que tinham o mesmo ofício» e/ou «Conjunto de pessoas que exercem a mesma profissão ou têm o mesmo modo de vida».

As confrarias [designação proveniente do étimo latino confraternitas, ou do francês confrére(?)] eram/são irmandades laicas ou religiosas de múltipla vocação assistencial e espiritual, cuja origem se pode encontrar na Idade Média portuguesa. As suas raízes remontam aos collegia romanos e às guildas germânicas.

As confrarias religiosa, para além da prática de actos de culto e sufrágio de almas, tinham ainda a reunião anual dos seus confrades, a assistência (através dos bens comuns da irmandade), aos que empobrecessem, a visita aos doentes e a solidariedade na morte, além de lhes ser reconhecido o papel de mediador nos conflitos entre os respectivos membros.

As confrarias laicas ou corporativas, nascidas da solidariedade profissional e dos imperativos colectivos definidos pelos mesteirais, tinham como finalidades essenciais os socorros mútuos e defesa comum, a arbitragem corporativa, a assistência na doença, pobreza e velhice, assim como a velada, o sepultamento e o sufrágio das almas dos seus confrades.

Nos últimos anos, temos assistido, em Portugal, ao nascimento de inúmeras Confrarias, particularmente relacionadas com a Gastronomia, com os Vinhos e com diversos produtos locais/regionais.

Pretendemos, aqui, fazer a sistematização possível das Confrarias Gastronómicas, das Confrarias Báquicas ou de Enófilos e das Confrarias Religiosas, assim como outro tipo de Confrarias, que existem em Portugal. (*)

 

Confrarias Gastronómicas

Academia Madeirense das Carnes/Confraria Gastronómica da Madeira
Fundada em 30 de Abril de 2000. A Academia Madeirense das Carnes – Confraria Gastronómica da Madeira, é uma confraria criada com fins socioculturais, para defender e preservar a cultura e as tradições gastronómicas da Região Autónoma da Madeira. Saber mais

Confraria do Bucho Raiano
Fundada em 6 de Maio de 2009. A Confraria do Bucho Raiano tem como fins a promoção e confraternização referente à gastronomia da região de Riba-Côa, e em especial o Bucho Raiano, produzido e confeccionado de forma tradicional.

Confraria Conventual da Doçaria de Tentúgal
Fundada em 1 de Setembro de 2008. A finalidade desta Confraria consiste na Glorificação da Doçaria que, através da existência e permanência das freiras carmelitas calçadas no Convento do Carmo, contribuiu para a Elevação Social, Económica e cultural da Vila de Tentúgal. Saber mais

Confraria da Broa e do Bolo Negro de Loriga
A Confraria da Broa e do Bolo Negro de Loriga tem como objectivos a investigação, preservação e a divulgação da Broa e do Bolo Negro de Loriga, nas suas principais características originais de confecção, bem como de todo o património gastronómico loriguense de que estes produtos são genuínos representantes, contribuindo para o incremento do processo económico inerente à sua produção e comercialização, assim como de todas as manifestações de natureza paisagística, ambiental, arquitectónica, etnográfica, folclórica e cultural decorrentes dessa secular actividade

Confraria da Cereja de Portugal
Fundada em 2006. Tem como principais objectivos: divulgar, promover e defender as Indicações de Origem Protegidas dos produtores nacionais de cereja. Actuar junto das comunidades regionais dinamizando eventos de cariz tradicional ou promovendo iniciativas inovadoras em proveito daquelas comunidades. Promover a valorização dos seus associados no que respeita à aquisição e aprofundamento de conhecimentos sobre a produção, conservação e comércio da cereja. Estabelecer relações ou parcerias com outras entidades públicas ou privadas.

Confraria da Chanfana
Fundada em 22 de Agosto de 2001. Preservação e Promoção da Chanfana, potenciar a cultura gastronómica como, também, contribui para a certificação deste prato, de origens tão remotas. Saber mais

 

 


Confrarias Religiosas

Confraria de Nossa Senhora da Purificação de Alcanede

Irmandade do Santíssimo Sacramento de S. Pedro de Tomar

Confraria do Senhor Jesus das Necessidades de Santa Cita – Asseiceira – Tomar

Irmandade do Senhor Jesus dos Passos de Almeirim

Confraria do Santíssimo Sacramento de Carvalhal de Aroeira – Torres Novas

Confraria de Nossa Senhora da Purificação de Alcorochel

Irmandade do Santíssimo Sacramento da Freguesia da Serra – Tomar

Confraria do Santíssimo Sacramento de Cem Soldos, Madalena – Tomar

Real Irmandade do Santíssimo Milagre de Santarém

Confraria de São José , Chã de Baixo, Outeiro de Fora, Pernes

 

(*) Texto elaborado com consulta a: Nova Enciclopédia Portuguesa, CIL – Clube Internacional do Livro | Grande Dicionário da Língua Portuguesa | Dicionário Enciclopédico da História de Portugal |Dicionário de História Religiosa de Portugal