Descobrir a Terra – os grandes exploradores

Descobrir a Terra. Os progressos da geografia devem-se, em boa parte, aos impulsos naturais do homem, que descobriu, inclusivamente, os mais recônditos lugares da Terra. Viajantes, navegadores, peregrinos, exploradores, aventureiros, mas também narradores, alpinistas e espeleólogos, cada um à sua maneira, contribuíram e contribuem ainda para o conhecimento do nosso mundo. Nos relatos dos conquistadores e exploradores, encontram-se as primeiras indicações sobre as regiões e os lugares inexplorados.

Uma exploração ou uma conquista pode ser contada de mil maneiras. Os livros de bordo ou os diários de viagem dos capitães e dos mercadores estão cheios de notas minuciosas acerca das direcções, das distâncias, das particularidades das regiões atravessadas, do seu clima, das correntes marítimas, do relevo, dos rios, da vegetação, dos povos encontrados, dos seus costumes, da distribuição da população, dos seus modos de vida, da organização do seu território. O historiador grego Heródoto é o melhor exemplo. Considerado como um dos fundadores do estudo da História, é também reivindicado pelos geógrafos como um dos seus.

Quem era, pois, esta famosa personagem? Em primeiro lugar, um grande viajante e um excelente observador; mas era, sobretudo, um agente de informação de Péricles, e sua função consistia em indagar as características de todos aqueles povos com quem os Atenienses mantinham relações. A sua tarefa era a seguinte: fazer o inventário dos seus recursos, da sua estrutura territorial, conhecer a sua organização militar, fazer o reportório de tudo o que, nestes países, podia ter interesse estratégico em caso de conflito militar.

 

Cronologia essencial sobre os grandes exploradores (até à ida à Lua)

Cerca do ano 1490 a. C. – Hatshepsut (faraó egípcia) envia uma expedição à Somália.

Cerca do ano 600 a. C. – Os Fenícios circum-navegam a África pela primeira vez.

Cerca do ano 425 a. C. – Hannon (cartaginês) contorna as costas ocidentais da África até à Nigéria.

Cerca do ano 340 a. C. – Píteas (grego de Marselha) explora o Oeste da Europa até à Escandinávia.

Anos 334 a. C. a 323 a. C.Alexandre Magno (grego) – realiza uma expedição militar de 40.000 km pela Ásia e África.

Ano 981 – Erik, o Vermelho (viking norueguês) – descobre a Gronelândia. O seu filho, Leif Erikson, chega possivelmente às costas da América do Norte.

Ano 1271 – Marco Pólo (italiano) faz uma viagem até Pequim, onde permanece quinze anos.

Ano 1487 – Bartolomeu Dias (português) – Descobre o Cabo da Boa Esperança: o Sul da África.

Anos 1492/1498 – Cristóvão Colombo (italiano) descobre as ilhas americanas de Guanahani (1492), Porto Rico e Jamaica (1493-1496) e o continente americano (1498).

Ano 1497 – Giovanni Caboto (italiano) – descobre a Terra Nova e as penínsulas do Lavrador e da Florida.

Ano 1498 – Vasco da Gama (português) é o primeiro a chegar à Índia, circundando a África.

Ano 1500 – Pedro Álvares Cabral (português) descobre o Brasil | Vicente Yánez de Pizon (espanhol) descobre a foz do rio Amazonas e do Orenoco.

Ano 1513 – Vasco Núñez de Balboa (espanhol) atravessa o istmo do Panamá e descobre o oceano Pacífico.

Ano 1520 – Fernão de Magalhães (português) descobre o estreito, no sul do continente americano, ao qual dá o nome, e atravessa, pela primeira vez, o oceano Pacífico.

Ano 1522 – Juan Sebastián Elcano (espanhol) companheiro de Fernão de Magalhães, após a morte deste, regressa a Espanha pelo Índico, completando assim a primeira volta ao mundo.

Ano 1521 – Hernán Cortés de Monroy y Pizarro Altamirano Pinto (espanhol) inicia a penetração no continente americano e conquista o México.

Ano 1533 – Francisco Pizarro González (espanhol) contorna as costas pacíficas da América do Sul até Túmbez e conquista o Peru | Diego de Almagro, o Velho,  (espanhol) explora as regiões pacíficas da América do Sul situadas ao sul de Cusco.

Ano 1535 – Jacques Cartier (francês) descobre o sobe o rio S. Lourenço e explora o Canadá.

Anos 1527/1542 – Álvar Núñez Cabeza de Vaca (espanhol) cruza o norte do México (1527-1535) e explora o Paraguai (1542).

Ano 1539 – Hernando de Soto (espanhol) descobre o rio Mississipi e explora o Sudoeste dos Estados Unidos da América.

Anos 1540/1542 – Francisco Vázquez de Coronado (espanhol) explora o sudoeste dos Estados Unidos da América, descobrindo o canyon do Colorado.

Ano 1540 – Pedro de Valdivia (espanhol) descobre e conquista o Chile.

Ano 1542 – Francisco de Orellana (espanhol) percorre pela primeira vez todo o rio Amazonas.

Anos 1568/1595 – Álvaro de Mendaña (espanhol) descobre as ilhas Salomão (1568) e as ilhas Marquesas (1595), no Pacífico.

Anos 1577/1580 – Francis Drake (inglês) efectua a segunda volta ao mundo e contorna as costas da Califórnia.

Ano 1605 – Pedro Fernández de Quirós (espanhol) descobre as novas Hébridas.

Ano 1607 – Luís Vaz de Torres (português) descobre o estreito de Torres.

Anos 1609/1610 – Henry Hudson (inglês) descobre e sobe o rio Hudson (1609), atravessa o estreito de Hudson e descobre a baía de Hudson (1610).

Anos 1642/1643 – Abel Janszoon Tasman (holandês) explora a costa sul da Austrália, descobre a Tasmânia e explora a Nova Zelândia, e os arquipélagos de Tonga, Fiji e Salomão.

Anos 1673/1682 – René Robert Cavelier de La Salle (francês) descobre os rios Niágara (e as suas cataratas) e Ohio, e desce todo o Mississipi.