Dez alimentos para viver mais e melhor!          

 

Todos nós sabemos que uma alimentação saudável é extremamente importante para a nossa saúde, quer seja do ponto de vista físico ou mental.

Consumir regularmente alguns alimentos, aliado à prática da atividade física (preferencialmente em contacto com a natureza), é muito importante para o nosso constante bem-estar, assim como para a longevidade da nossa vida, e cada vez com mais qualidade!

Leia este artigo e outros que disponibilizamos neste almanaque digital!

 

Aveia

Ajuda a diminuir o colesterol ruim, o LDL – Low Density Lipoprotein (lipoproteína de baixa densidade). Ganhou o selo de redutor do risco de doenças cardíacas da FDA, agência americana de controlo de alimentos e remédios. Quantidade recomendada: 40 gramas por dia de farelo ou 60 gramas da farinha.

Alho

Reduz a pressão arterial e protege o coração ao diminuir a taxa de colesterol ruim e aumentar os níveis do colesterol bom, o HDL – High Density Lipoproteins (lipoproteínas de alta densidade). Pesquisas indicam que pode ajudar na prevenção de tumores malignos. Quantidade recomendada para diminuir o colesterol e a pressão arterial: um dente por dia. Saiba quando pode semear alhos na sua horta, consultando o calendário agrícola.

Azeite de oliva

Auxilia na redução do LDL. A sua ingestão no lugar de margarina ou manteiga pode reduzir em até 40% o risco de doenças do coração. Quantidade recomendada: 15 mililitros por dia ou uma colher de sopa rasa.

Castanha-do-Pará

Assim como noz, pistache e amêndoa, auxilia na prevenção de problemas cardíacos. Também ganhou o selo de redutora de doenças cardiovasculares da FDA. Quantidade recomendada: 30 gramas por dia ou de cinco a seis unidades.

Chá Verde

Auxilia na prevenção de tumores malignos. Estudos indicam ainda que pode diminuir as doenças do coração, prevenir pedras nos rins e auxiliar no tratamento da obesidade. Quantidade recomendada para reduzir os riscos de gastrite e cancro no esófago: de quatro a seis chávenas por dia.

Maçã

Ajuda a prevenir tumores malignos, diz o médico Michael Roizen. O consumo regular de frutas variadas auxilia na redução de doenças cardíacas e da pressão sanguínea, além de evitar doenças oculares como catarata. Quantidade recomendada: cinco porções de frutas por dia.

Peixe

Os peixes ricos em ómega 3, como a sardinha, o bacalhau e o salmão, são poderosos aliados na prevenção de infartos e derrames. Estudos indicam também que reduzem dores de artrite, melhoram a depressão e protegem o cérebro contra doenças como o mal de Alzheimer. Quantidade recomendada para reduzir o risco de doenças cardiovasculares: pelo menos 180 gramas por semana.

Soja

Ajuda a reduzir o risco de doenças cardiovasculares, segundo a FDA. O seu consumo regular pode diminuir os níveis de colesterol ruim em mais de 10%. Há indicações de que também ajuda a amenizar os incómodos da menopausa e a prevenir o cancro de mama e de cólon. Quantidade recomendada para reduzir o colesterol: 150 gramas de grão de soja por dia, o equivalente a uma xícara de chá.

Tomate

Auxilia na prevenção do cancro da próstata. Quantidade recomendada: uma colher e meia de sopa de molho de tomate por dia. Saiba quando pode semear/plantar tomate na sua horta, consultando o calendário agrícola.

Vinho tinto

A uva vermelha, presente no vinho ou no sumo, ajuda a aumentar o colesterol bom e evita o acumular de gordura nas artérias, prevenindo doenças do coração. Quantidade recomendada: dois copos de sumo de uva ou uma taça de vinho tinto por refeição.

 

Sugerimos, também, a leitura de Fitoterapia – os benefícios de algumas ervas aromáticas.