Outubro – Mês da Música no Barreiro

O Out.Fest – Festival Internacional de Música Exploratória do Barreiro, já, de 4 a 7 de outubro, em vários locais do Concelho, dá o mote para o Mês da Música, repleto de iniciativas, inspiradas em vários estilos. No sábado, dia 7, pelas 18h30, na Igreja de Nossa Senhora do Rosário do Barreiro, haverá, no âmbito do Mês da Música, uma “Missa cantada em Honra de Nª Srª do Rosário”. Domingo, dia 8 outubro, pelas 16h00, a Banda Municipal do Barreiro assinalará o seu 45º aniversário com um Concerto comemorativo, no Auditório Municipal Augusto Cabrita.

A abertura da edição de 2017 do Out.Fest, com duas dezenas de eventos na programação, terá lugar pelas 21h30 de quarta-feira, dia 4, com um concerto muito especial, que resultará da colaboração entre o compositor Jonathan Uliel Saldanha e várias dezenas de barreirenses, integrantes do Coral TAB (Trabalhadores das Autarquias do Barreiro) e do Coro B-Voice.

O OUT.FEST – Festival Internacional de Música Exploratória do Barreiro, refira-se, viu, recentemente, ser-lhe renovado o selo de qualidade europeu EFFE – “Europe for Festivals, Festivals for Europe”, e cuja edição de 2016 foi uma das duas únicas nomeações nacionais para osEuropean Festival Awards (juntamente com o festival Nos Alive).

O Festival, que conta com financiamento de entidades como a Direção-Geral das Artes, CMB ou Baía do Tejo, é considerado um dos mais importantes a nível nacional e europeu no âmbito das “novas músicas”, e um dos mais reconhecidos e prestigiados cartões de visita da cidade do Barreiro, notabilizando-se, para além da qualidade da programação, pela realização de espetáculos nos mais diversos locais de interesse histórico e patrimonial do Concelho da Margem Sul do Tejo, numa missão de democratização do acesso à cultura e de descentralização da oferta.

Todas as informações sobre o programa, bilhetes e locais podem ser consultadas aquiToda a programação atualizada do Mês da Música pode ser consultada no Site da Câmara Municipal do Barreiro ou na sua página do Facebook .

Programa completo | Out.Fest

4 outubro (4ªf) | Igreja de Santa Maria | 21h30

Jonathan Uliel Saldanha & Coral TAB + Coro B-Voice

5 outubro (5ªf) | Museu Industrial da Baía do Tejo

Caterina Barbieri | Charlemagne Palestine | Quarteto de Sei Miguel

6 outubro (6ªf) | Auditório Municipal Augusto Cabrita

Pere Ubu (The Moon Unit) | Casa Futuro (Pedro Sousa, Johan Berthling & Gabriel Ferrandini) | Lolina (Inga Copeland)

7 outubro (sáb) | ADAO

Bookworms | Nocturnal Emissions | This is not This Heat | Jejuno | Simon Crab | Colectivo Vandalismo | Gyur | Black Dice | DJ Nigga Fox | Putas Bêbadas | Alex Zhang Hungtai, David Maranha & Gabriel Ferrandini | DJ Problemas

Toda a programação do Mês da Música

CONCERTOS 

OUT.FEST – Festival Internacional de Música Exploratória do Barreiro (14ª edição) | 04 a 07 de outubro |Vários locais do Concelho 

O OUT.FEST, que desde 2004 se realiza no Barreiro e foi, em 2016, um dos dois únicos festivais nacionais nomeados para os European Festival Awards (a par com o Nos Alive), regressa a vários espaços do Barreiro para mostrar alguma da mais desafiante e aventureira música que se faz por todo o mundo.

Um dos destaques da edição de 2017 será o concerto de abertura, que une o compositor Jonathan Uliel Saldanha ao Coral TAB e ao Coro B-Voice, para a apresentação de uma peça inédita no dia 4 de outubro pelas 21h30, na Igreja de Santa Maria.

Informações sobre toda a programação e bilhetes podem ser encontradas em www.outfest.pt

Programação e Produção: OUT.RA – ASSOCIAÇÃO CULTURAL

07 outubro | sábado | 18h30 | “Missa cantada em Honra de Nª Srª do Rosário” | Igreja de Nossa Senhora do Rosário do Barreiro

Faixa Etária – M/6 anos | Entrada livre

– Coro – INOVARTE Camerata Vocal

– Organista – António Laertes

– Maestro – Miguel Ângelo

Há cerca de sessenta anos que não se realiza uma missa cantada com coro, organista e maestro, na Igreja de Nossa Senhora do Rosário do Barreiro. Era comum assim acontecer por ocasião da Missa Solene nas festas em Honra de Nossa Senhora do Rosário. Desde que o Órgão de Tubos deixou de funcionar por falta de afinação e restauro não era possível tal solenidade.

Organização: Fábrica da Igreja de Nossa Senhora do Rosário do Barreiro

08 outubro | domingo | 16h00 | Concerto comemorativo do 45º aniversário da Banda Municipal do Barreiro | Auditório Municipal Augusto Cabrita

Faixa Etária – M/6 anos

Ingresso – € 2,50

A Banda Municipal do Barreiro, fundada a 6 de outubro de 1972, teve origem num núcleo da extinta Banda da CUF (criada a 1 de maio de 1911 por trabalhadores daquela empresa). A partir de 1975, dá-se uma profunda transformação na vida da Banda, com o apoio da Câmara Municipal do Barreiro à manutenção e desenvolvimento da sua atividade, passando de três ou quatro atuações anuais para uma média de 25. Com o funcionamento da Escola de Música foi possível incentivar os jovens, havendo uma maior afluência destes a integrar a Banda. Ao longo da sua existência tem realizado concertos por todo o País, sendo de salientar os ciclos de concertos nas freguesias do Concelho, integrados num programa de divulgação e motivação para a música.

Presentemente, é composta por cerca de 40 instrumentistas. Desde julho de 2010, a Banda Municipal do Barreiro é dirigida pelo Maestro Rui Miguel Rosado Marques.

13 outubro | sexta-feira | 21h00 | Spin the Mic | Escola Conde Ferreira

Faixa Etária – M/14 anos | Entrada livre 

O SPIN THE MIC é uma iniciativa que tem como objetivo descobrir e incentivar novos talentos da música e composição, em que os jovens podem, ao melhor estilo Freestyle, dar a conhecer o seu talento para as rimas e rap music.

14 outubro | sábado | 22h00 | Rita Redshoes | Auditório Municipal Augusto Cabrita

Faixa Etária – M/6 anos

Ingresso – 12,50 €

Rita Redshoes iniciou o seu percurso como baterista num grupo de teatro de escola, passou por inúmeros projetos musicais como autora e intérprete, onde tocou muitos instrumentos e gravou vários discos (Atomic Bees, Photographs, Rebel Red Dog, David Fonseca, The Legendary Tigerman, Noiserv). Tem também colaborado em inúmeras bandas sonoras premiadas para teatro e cinema, tendo, inclusivamente, discos editados nesta área.

15 outubro | domingo | 16h00 | Camerata Musical do Barreiro | Igreja de Santo António da Charneca  

Faixa Etária – M/6 anos | Entrada livre

A Camerata Musical do Barreiro é uma associação cultural sem fins lucrativos que tem como principais objetivos a integração/união de jovens instrumentistas com o intuito de lhes proporcionar a prática de música de Câmara e ao mesmo tempo, promover a sua divulgação.

A Camerata, sob orientação do Professor Lopes da Cruz, tem vindo a desenvolver atividades de divulgação de música dos séculos XV ao XX e abrange um enorme leque de compositores, tais como, Josequim de Prés, Albinoni, Vivaldi, Haendel, Haydn, Telemann, J. C. Bach, Gluck, Cimarosa, Mozart, Boccherini, Beethoven, Brahms, Schubert, Johann Strauss, Georges Bizet, Tchaikovsky, Gershwin, entre outros. Realiza também a divulgação de música de compositores portugueses como Luís Cipriano, Jorge Salgueiro e Gonçalo Lourenço, incentivando, desta forma, a criação musical.

A Camerata tem um protocolo firmado com a Câmara Municipal do Barreiro, que contempla o apoio financeiro para o seu funcionamento.

20 outubro | sexta-feira | 21h00 | Apresentação do Projeto “Love Music” | ADAO – Associação Desenvolvimento Artes e Ofícios 

Faixa Etária – M/14 anos | Entrada livre

Love Music é um programa online que tem como principal objetivo partilhar o talento de vários artistas convidados, abrangendo vários estilos musicais.

Com o esforço e dedicação de toda a equipa, nomeadamente: Waldemar Lopes, Alex Shol, André Antunes, Tarik Lima, Cláudio Fragoso e Jemmy Amando, o projeto Love Music ganhou vida no espaço “Casinha”, na Cidade Sol, após várias remodelações e aquisição de equipamento de som. A partir daí começou a convidar vários artistas e a lançar o seu programa nas redes sociais (youtube, facebook e site) para mostrar aos seus seguidores.

21 outubro | sábado | 22h00 | The Sisters and the Midnight Smokers | Auditório Municipal Augusto Cabrita 

Faixa Etária – M/6 anos

Ingresso – € 2,50

Beatriz Nunes, Inês Góis e Ana Mendes (voz) – João Pereira (guitarra) – Telmo Gonçalves (baixo) – Pedro Nobre(bateria)

The Sisters and The Midnight Smokers é um trio de jazz vocal, uma versão moderna dos clássicos americanos do jazz feminino de Andrews Sisters ou The Chordettes.

O grupo junta as cantoras Beatriz Nunes, Inês Góis e Ana Mendes, professora e alunas da Escola de Jazz do Barreiro, acompanhadas por um trio de alunos finalistas da escola.

Presta-se uma homenagem ao cancioneiro do jazz americano ao estilo dos grupos vocais a capella.

22 outubro | domingo | 16h00 | Recital – A Bela Maguelona | Igreja Paroquial de Santo André 

Faixa Etária – M/6 anos | Entrada livre

DIE SCHÖNE MAGELONE (A Bela Maguelona)

Ciclo de 15 canções

Música de Joahnnes Brahms (1833-1897)

Poemas de Ludwig Tieck (1773-1853)

Texto narrativo traduzido e resumido da edição alemã de “O Romance da Bela Maguelona” (séc. XV) por Manuel Pedro Nunes

Esta obra foi concluída por Brahms em 1869 e inicialmente constituía um ciclo de 15 canções sobre um conjunto de poemas de Tieck (não todos), que este poeta escrevera inspirado pelo romance medieval da Bela Maguelona. Posteriormente, Brahms incluiu um conjunto de pequenas narrativas entre cada canção que tornaram a história mais inteligível. Assim, de ciclo de canções passou-se a uma narrativa dramática com um texto musicado, à guisa das canções insertas nas peças de teatro.

Ciclo complexo, difícil para os intérpretes, de grande beleza musical e de notável subtileza, raras vezes ouvido fora do mundo cultural alemão, será aqui apresentado na sua versão integral pelo barítono Manuel Pedro Nunes e pelo pianista Yan Mikirtumov, estando o papel de narrador a cargo do ator António Cordeiro.

27 outubro | sexta-feira | 21h30 | “Concerto de Canto e Órgão” | Igreja de Nossa Senhora do Rosário do Barreiro 

Faixa Etária – M/6 anos | Entrada livre

Canto – Ana Paula Russo e Carlos Guilherme

Organista – António Duarte

Ana Paula Russo 

É Professora de Canto na Escola de Música do Conservatório Nacional e na Academia de Música de Almada.

Tem já uma longa carreira como solista em Portugal e no estrangeiro, tendo atuado em inúmeros concertos de Lied, ópera e oratória.

Foi laureada em diversos concursos de canto nacionais e internacionais e gravou programas para a rádio e televisão, assim como CDs de música erudita.

Como cantora convidada tem atuado regularmente num elevado número de produções cénicas do Teatro Nacional de S. Carlos, de outras instituições relevantes em Portugal (Expo 98, Gulbenkian, CPO, ONP, etc.) e no estrangeiro (Festival de Macau, Teatro Real de Madrid, Lincoln Center de New York).

Em abril de ’98 integrou o elenco que fez a estreia mundial da ópera “Os Dias Levantados” de António Pinho Vargas, gravada posteriormente para a EMI.

Carlos Guilherme 

Estudou com John Labarge no Conservatório Regional do Algarve e foi cantor residente do Teatro Nacional de S. Carlos de 1980 a 1992. O seu repertório inclui 41 papéis principais em 82 óperas, recitais e concertos por todo o País sendo de realçar a sua colaboração com o Círculo Portuense de Ópera e a Fundação Calouste Gulbenkian. A partir de 1987 foi convidado a cantar noutros países tais como os Estados Unidos, Brasil, Moçambique, Bélgica, França e Israel. Gravou em CD “A Canção Portuguesa”, com Armando Vidal. Lançou recentemente o CD “IN OPERA” com árias de ópera acompanhado pela Orquestra do Norte. Além das principais orquestras portuguesas, colaborou com a Orquestra de Câmara de Pádua, do Comunal de Bolonha, Filarmónica de Moscovo e Sinfónicas de Budapeste, de S. Francisco, de Israel, de Pequim e de Shangai. Em abril de 2001 estreou-se em Itália no Teatro Rossini. Voltou a Itália em 2005 para cantar nos Teatros Comunais de Ferrara e de Modena. Atuou em Coimbra com o tenor José Carreras.

Melhorou a sua técnica vocal com Marimi del Pozo, Gino Becchi, Franco Campogalliani, Claude Thiolass e Regina Resnik. Venceu o prémio “Tomás Alcaide”.

Encontra-se no seu 37º ano de carreira profissional.

António Duarte

Realizou os seus estudos musicais no Centro de Estudos Gregorianos onde, sob a orientação do Professor Antoine Sibertin-Blanc, concluiu o Curso Superior de Órgão.

Como bolseiro da Fundação Calouste Gulbenkian foi aluno da Professora Montserrat Torrent na Classe de Órgão do Conservatório Superior Municipal de Música de Barcelona, dedicando-se sobretudo ao estudo da Música Antiga Ibérica.

Gravou para a radiodifusão portuguesa e francesa e efetuou gravações discográficas em órgãos históricos portugueses e espanhóis.

Como concertista tem realizado concertos em diversos países europeus, no México, Japão e Estados Unidos da América.

É professor de Órgão na Escola de Música do Conservatório Nacional e Organista Titular da Sé Patriarcal de Lisboa.

Organização: Fábrica da Igreja de Nossa Senhora do Rosário do Barreiro

29 outubro | domingo | 16h00 | Orquestra Académica Metropolitana | Auditório Municipal Augusto Cabrita

Faixa Etária – M/6 anos

Ingresso – € 10,00

“O Fulgor do Século Romântico”