Snacks saudáveis para a praia – Verão 2018

 

A pensar já na praia, nos mergulhos e passeios à beira-mar? Veja as sugestões de snacks práticos e deliciosos para dias ainda mais bem passados.

Comida de praia é, para muitos, sinónimo de sanduíches. E se, à partida, essa opção pode parecer prática (não vamos dizer que não), a longo prazo essa pode muito bem ser a receita para um verão em que os quilos se vão acumular. Razão de sobra para encontrar alternativas mais saudáveis e, ainda assim, cheias de sabor.

Tempo de vegetais

Cenouras, tomates-cereja, pimentos, bróculos e couve-flor crus são uma excelente opção para levar consigo para a praia, já lavados e cortados. Além do baixo aporte calórico, são ricos em vitaminas e antioxidantes, bem como água, que ajuda a manter os níveis de hidratação, por isso só tem a ganhar. Não é muito fã? Tempere-os com um fiozinho de azeite e caril, por exemplo, ou pimentão ou outro tempero da sua eleição. Pode também levar uma caixinha com húmus.

Se preferir, porque não uma salada com tomate, pepino, queijo feta – as possibilidades são mesmo muitas. Experimente.

Mais prático é impossível

Iogurtes e queijinhos (baixos em gordura e açúcares, de preferência) são uma opção bastante prática – basta mantê-los frescos – e acompanham bem uma dose de fruta. Ideias para toda a família. Leve a fruta já lavada e, eventualmente, cortada, no caso de melancia, melão, manga, por exemplo.

Espetadas

Agradáveis à vista e ainda mais ao paladar, as espetadas acondicionam-se bem em caixas e comem-se facilmente sem sujar as mãos nem fazer muito lixo. Tudo o que precisa são espetos ou palitos de madeira e imaginação.

Ficam, no entanto, algumas sugestões: tomate-cereja com bolas de mozarela light e folhas de manjericão; uva, quivi, morango, ananás; restos de rosbife, queijo roquefort ou semelhante e uva; quadradinhos de pão de mistura/centeio, banana, manteiga de amendoim/amêndoa, morangos; frango/peru (pode ser fiambre), abacate, tomate-cereja (tempere com vinagre balsâmico ou pimenta, se preferir; pão de mistura/escuro/pita barrado com húmus, pepino, tomate-cereja…

Wraps

Uma boa alternativa às sanduíches tradicionais, os wraps são sempre bem-vindos e a praia não é excepção. Feitos com tortilha de trigo, milho, multicereais, espelta e aveia, etc., ou folha de arroz, combinam-se com os mais variados recheios, em opções tão saudáveis quanto deliciosas.

Peito de peru, queijo-creme, alface, cenouras em palitos finos; salmão fumado ou grelhado, húmus, salada verde; salmão fumado, queijo-creme e rúcula; pimento assado, húmus, espinafres baby, coentros, vegetais (curgete, pimento, beringela, tomate…) grelhados; peito de frango grelhado, tomate-cereja, alface, bacon, raspas de parmesão, sumo de limão, pimenta, sal…

Se preferir uma versão menos calórica e mais fresca, pode experimentar substituir as tortilhas por folhas de alface-romana ou iceberg.

Frutos secos

Alperces, ameixas e tâmaras secas, por exemplo, e frutos oleaginosos, como amêndoas, nozes, cajus, pinhões ou avelãs, entre outros, são um bom snack para levar para a praia.

Fonte de proteína fibra e ricos em minerais, como cálcio, fósforo, potássio e magnésio, bem como em vitamina E, os frutos oleaginosos são também ricos em gorduras maioritariamente polinsaturadas e monoinsaturadas, que apesar de considerados saudáveis, os torna altamente calóricos, pelo que o seu consumo deve ser moderado, nunca mais do que uma ou duas doses de 25 g diárias.

Pipocas

… à moda antiga, simples, eventualmente com uma pitada de sal e/ou pimenta. Em doses individuais. As versões para micro-ondas, com manteiga ou açúcar, não são o mais recomendado, uma vez que as calorias e a gordura disparam e não é isso que se pretende.

Dicas

– Ricos em proteínas e de grande qualidade e fonte de importantes vitaminas e minerais para o bom funcionamento do organismo, os ovos são um snack ótimo para a praia. Basta cozer e guardar em local fresco.

– Se congelar uma ou duas garrafas de água, pode reduzir o número de acumuladores.

Wraps: fazem lembrar sanduíches, mas são bastante mais saudáveis!

Um tipo diferente de gelado: para os mais novos – e não só, uma opção saudável e nutritiva e, mais importante, agradável ao paladar, são os gelados caseiros feitos com iogurte e fruta, se quiser adicionar. Coloque o iogurte escolhido numa forma própria para o efeito, reutilizável, adicione ou não fruta e acondicione no congelador, para comer no regresso da praia.

Sempre frescos: práticas e com design bastante atrativo, as lancheiras e termos ajudam a manter os alimentos frescos, permitindo levar para a praia uma maior diversidade de alimentos, por isso aproveite. Com um ou dois acumulares de frio, são tudo o que precisa para levar os seus snacks preferidos para a praia. Se for com a família e/ou amigos, opte por modelos com maior capacidade.

Água é essencial: manter-se bem hidratado(a) é super importante, especialmente nos dias de maior calor, por isso, não se esqueça de levar água suficiente para beber ao longo do dia. Em alternativa, pode levar chá ou infusões sem açúcar ou acrescentar á água fatias de pepino, gengibre, hortelã, limão, melão ou frutos vermelhos, etc., para melhorar o sabor, se não gostar de beber água simples.

Fruta amiga: a fruta vai ser um dos seus maiores trunfos durante as idas à praia, e são várias as razões. Para além de terem elevados valores de fibra, as frutas são na sua generalidade uma excelente forma de manter os níveis de hidratação e os seus açúcares naturais dão energia para as corridas e mergulhos, para além de serem fáceis de digerir.

Fonte: Revista “Saúde e Bem estar”