Tristezas não pagam dívidas | Humor

“Sorria, mesmo que o seu sorriso seja triste. Porque mais triste do que um sorriso triste é a tristeza de não saber sorrir!” (Anónimo)

E porque as tristezas continuam a não pagar dívidas, aqui deixamos alguns textos recebidos via correio eletrónico:

 

Opiniões avalizadas sobre o casamento

– Quando um homem te rouba a mulher, não há maior vingança que deixá-lo ficar com ela. (Sacha Guitry)

– Depois do casamento, marido e mulher são as faces da mesma moeda: continuam juntos, mas não se podem ver. (Hemant Joshi)

– Se a tua mulher é meiga, serás feliz. Se a tua mulher é má, serás um filósofo. (Sócrates)

– As mulheres dão-nos inspiração para grandes objectivos, mas depois não nos deixam atingi-los. (A.Dumas)

– Li recentemente que o amor é uma questão de química. Deve ser por isso que a minha esposa me trata como se fosse lixo tóxico. (David Bissonette)

– A grande pergunta… que nunca consegui responder… E que é: “Que quer uma mulher?” (Sigmund Freud)

– Comentei umas palavras com a minha mulher, e ela comentou uns parágrafos comigo. (Anónimo)

– Não me preocupo com o terrorismo. Estive casado por dois anos. (Sam Kinison)

– Dois segredos para manter vivo o matrimonio: – Quando estiveres errado, admite-o. – Quando tiveres razão, cala-te. (Nash)

– A maneira mais certa de recordar o aniversário da tua esposa é esquecê-lo uma vez. (Anónimo)

– Sabem o que é que disse antes de me casar? Tudo o que queria!!!! (Henny Youngman)

– Minha esposa e eu fomos felizes por vinte anos. Depois conhecemo-nos. (Rodney Dangerfield)

– Uma boa esposa sempre perdoa ao seu marido quando está errada. (Milton Berle)

– As ex-esposas tratam-te o resto dos teus dias como se ainda o fossem. (Óscar Saidon)

– Sempre que saimos, minha mulher e eu, caminhamos sempre de mão dada. Se a solto, foge para as compras… (Anónimo)

– Ela tem uma batedora eléctrica, uma torradeira eléctrica, uma máquina de fazer pão eléctrica…Um dia disse-me: “Caramba, temos um monte de aparatos eléctricos e não temos numa cadeira decente para nos sentarmos.” Pensei em comprar uma cadeira eléctrica, mas contive-me… (Anónimo)

– Casei-me com a senhora “Tenho Razão”… Só não sabia que o seu segundo apelido era “Sempre”. (Anónimo)

– Já faz três dias que não falo com ela! É que não gosto de interrompê-la. (Anónimo)

– Tenho que admitir que a nossa última discussão foi culpa minha. Quando ela me perguntou: -“Que estás a ver na TV ?” E eu respondi: -“Bastante pó. Devias limpá-lo(Anónimo)

– O matrimónio é uma relacão entre duas pessoas, em que uma tem sempre razão, e a outra é o marido. (Anónimo)

Partilha estas opiniões com todos os homens teus amigos, para que se riam muito… e com aquelas mulheres com muito sentido de humor, para que possam entendê-las!

 

A mania dos remédios caseiros

Um médico, depois de ver a história clínica do paciente, pergunta:

– Fuma?

– Pouco.

– Faz bem. Quanto menos melhor. Bebe?

– Pouco.

– Ainda bem. Pratica desporto?

– Não posso. Tenho lesões antigas.

– Pois, é pena. E sexo, pratica com frequência?

– Muito pouco.

– Isso é que não pode ser. Se não pratica desporto, deve compensar fazendo muito sexo. Vá para casa e pense bem nisso…

Ele foi para casa, contou à mulher o que o médico lhe tinha dito e, de seguida foi tomar um banho. A mulher, esperançosa, enfeita-se, perfuma-se, põe o seu melhor baby-doll e fica à espera dele, numa pose toda provocante.

Ele sai do chuveiro, perfuma-se cuidadosamente, começa a vestir-se, e a mulher, surpreendida, pergunta:

– Aonde é que vais?

– Não ouviste o que o médico me disse?

– Sim, por isso mesmo estou aqui, já prontinha para… tu sabes!

Então ele responde:

– Ah, Francisca, Francisca, lá estás tu outra vez com a mania dos remédios caseiros

 

 

Cirurgiões discutem sobre melhores pacientes

Cinco cirurgiões discutiam sobre quais os melhores pacientes numa sala de operações

Dizia o primeiro:

Gosto de operar contabilistas porque, quando os abres, todos os órgãos estão numerados e ordenados.

O segundo retorquiu:

Sim, mas melhor são os eletricistas porque todos os órgãos estão codificados por cores. Não há qualquer risco de engano.

Ao que respondeu o terceiro:

Qual quê! Os melhores são os bibliotecários. Dentro deles tudo está ordenado alfabeticamente.

O quarto cirurgião opinou:

Não há como os mecânicos. Eles até já transportam uma reserva dos órgãos que são necessários substituir.

Finalmente, disse o quinto:

Deixem-me discordar de todos vocês, meus caros companheiros, mas, em minha opinião, os melhores pacientes para operar são os POLÍTICOS. Não têm coração, não têm estômago nem tomates. Além disso, pode-se-lhes trocar o cérebro com o cú que ninguém dá conta de nada…

Textos recebidos por email