Alguns truques e sugestões na cozinha!

 

Conheça alguns truques e sugestões, que não são “segredos de polichinelo”, e que irão facilitar o seu dia-a-dia na cozinha, na preparação dos mais variados pratos e não só!

Chocolate… saiba como derretê-lo

– Corte o chocolate em bocados do mesmo tamanho, para garantir que este derrete uniformemente.

– Evite o contato com a água. Certifique-se de que todos os seus utensílios e a área de trabalho estão bem secos. Ao entrar em contato com a água o chocolate altera-se e pode ser impossível voltar a trabalhá-lo.

– O método ideal para derreter o chocolate é o banho-maria. Para o fazer, deve usar uma panela com água e uma taça de vidro temperado ou de aço inoxidável. O chocolate nunca deve estar em contato direto com o calor. Vá envolvendo o chocolate com uma espátula de borracha.

– Derreter chocolate no micro-ondas é muito fácil, mas tudo vai depender do recipiente que vai usar para o fazer. Escolha um próprio para micro-ondas, pois este manter-se-á frioou apenas morno durante todo o processe. Se ficar demasiado quente, não serve para o efeito.

– É preferível derreter o chocolate  a 50% da potência do micro-ondas. Derreta-o em ciclos de 30 segundos a 1 minuto, mexendo-o entre cada ciclo. A aparência do chocolate deve ser suave e brilhante no final do processo.

Os vários tipos de sal

Embora não se deva abusar, o sal é um excelente tempero para realçar o sabor dos alimentos. Porque existem vários tipos de sal à disposição dos(as) cozinheiros(as), e têm características bem distintas entre si, aqui deixamos três exemplos:

Sal dos Himalaias: vindo diretamente das montanhas que lhe são o nome, este é um sal gourmet, com um sabor diferenciador e uma bela cor rosa que advém do seu teor único de minerais. Considerado o sal mais puro do planeta, é usado tanto na culinária como para fins terapêuticos.

Flor de sal: é o conjunto de cristais de sal que surge à superfície da água nas salinas quando se dá a combinação de condições climatéricas favoráveis – sol intenso, clima seco e ventos constantes. Não passando por processamentos ou refinações após a recolha, a flor de sal é rica em minerais e oligoelementos. Os chefs não dispensam este tempero nos seus cozinhados.

Sal light: este sal é composto por 50% de cloreto de sódio e 50% de cloreto de potássio, esta é a melhor opção para os hipertensos, embora a regra continue a ser “sempre com peso conta a medida”. Este sal tem um sabor mais suave que o dito sal normal.

 

Vinagretes para saladas

Para dar um novo e apetitoso sabor às saladas, que tanto apetecem ao longo da época estival, nada como apostar nos molhos vinagretes. Mais simples ou mais elaborados, pode crer que são o tempero certo para os vegetais que colocar na sua salada. Aqui lhe deixamos duas receitas, como exemplo:

Molho vinagrete de mostarda e orégãos: coloque numa taça uma colher de sopa de mostarda de Dijon, 350 ml de azeite, salsa q.b., 1 colher de sopa de orégãos e sal q.b.. Misture tudo muito bem e verta sobre a salada, qualquer que ela seja!

Molho vinagrete de maracujá e limão: numa taça, misture muito bem ¼ de chávena de sumo de maracujá, 1 colher de sopa de sumo de limão, 2 colheres de sopa de vinagre, 1/3 de chávena de azeite, sal, pimenta e 1 dente de alho picado. Este molho vinagrete fica bem em salada de folhas e de beterraba.

 

Sugestões para churrascos

Para fazer um bom churrasco de carne, aqui deixamos algumas sugestões simples e que vão fazer as delícias de todos os convivas:

– Não tire a carne do frigorífico diretamente para a grelha. Antes, deixe-a descansar à temperatura ambiente, durante cerca de 15 minutos. Desta forma, a carne vai grelhar uniformemente, sem tostar demasiado.

– Não aperte a carne contra a grelha com uma espátula, para apressar a sua confeção. Desta forma, estará a desperdiçar os deliciosos sucos da carne, e esta ficará “seca”!

– Depois de grelhada, cubra a carne com folha de alumínio e deixe-a descansar por dez minutos. Assim, permanecerá suculenta.

– Se vai usar espetos de madeira para espetadas, coloque-os com antecedência dentro de água, cerca de 10 minutos. Esta é uma forma de evitar que eles queimem quando os colocar na churrasqueira.

Fonte: Continente Magazine (adaptado) | Imagem