Actividades agrícolas e outras em Junho

Neste artigo, poderá ficar a saber quais as tarefas que, durante o mês de Junho, pode e deve executar em diversos espaços e locais relacionados com a actividade agrícola, pecuária e outras, …

Na horta

Prosseguir com a preparação dos canteiros – regas, sachas, mondas, incorporação de estrumes, etc.

Semear: alface, chicória, feijão, nabiças e rabanete.

Plantar ou transplantar: alface, chicória, couve-galega.

Colheita de alface, batata, chicória, couves, espinafres, nabiças e rabanetes.

No pomar

Defesa contra as seguintes pragas e doenças das fruteiras:

– pedrado das pereiras com caldas apropriadas;

– lepra do pessegueiro, lapas, escamas e cochonilhas com emulsões oleosas de Verão;

– piolhos ou pulgões com caldas nicotinadas e outras apropriadas;

No campo

Concluir a sementeira do feijão e do milho, e a plantação da batata nas terras fundas.

Sachar batatais e milheirais, fazendo já a amontoa da batata e do milho do sequeiro.

Sulfatar batatais e tomatais com caldas cúpricas ou de fungicidas orgânicas de síntese.

Arrancar a batata plantada em Fevereiro/Março, depois de principiar o amarelecimento da rama. Os tubérculos arrancados devem ficar espalhados por algum tempo sobre a terra para enxugarem bem e, só depois, serão conduzidos para lugar fresco, ventilado e que receba pouca luz.

Terminar a colheita da ervilha, favas e grãos.

No jardim

Podar os arbustos de floração primaveril.

Cortar os caules às plantas que já floriram. Regar, mondar e sachar intensamente.

Na vinha

O mês de Junho é um dos meses mais críticos para a vinha do ponto de vista da sua sanidade.

O míldio, se ataca, pode destruir a produção pela invasão dos cachos, que faz cair e abortar.

E o oídio se o tempo é favorável, não mais os abandona até que pinta o bago.

A calda cúprica ou as caldas de fungicidas orgânicas de síntese continuam a aplicar-se preventivamente; o enxofre usa-se curativamente, quando o oídio se manifesta.

O esladroamento deve proceder a desfolha, porque às vezes a eliminação de um ladrão, ou mamão basta para evitar o corte das folhas; os ladrões não aproveitados para formar varas de poda, são quebrados normalmente com o polegar e o indicador, e nunca esgarçados.

Na adega

Deve manter-se a adega limpa e arejada; se o tempo aquecer é recomendável o arejamento durante a noite.

Conservar as vasilhas atestadas, recorrendo a vinhos que não alterem a qualidade dos envasilhados.

Com animais

Nada a registar.