Dia Mundial da Pizza comemora-se a 10 de julho

O Dia Mundial da Pizza é comemorado anualmente em 10 de julho. Esta data foi criada para celebrar um dos pratos mais amados e consumidos em todo o mundo: a pizza.

A comemoração visa não apenas saborear esta iguaria deliciosa, mas também reconhecer a importância cultural e histórica que a pizza representa em diversas sociedades.

O principal objetivo desta data é promover a apreciação da pizza em suas diversas formas e sabores, além de apoiar os profissionais da gastronomia que se dedicam à sua produção.

Muitos restaurantes e pizzarias aproveitam a ocasião para oferecer promoções especiais, lançar novas receitas e realizar eventos temáticos.

Origem da Pizza

A pizza, como a conhecemos hoje, tem suas raízes na Itália, mais especificamente na cidade de Nápoles, onde começou a ser popularizada no século XVIII.

Contudo, há registros de alimentos semelhantes a pizzas que remontam a tempos mais antigos, como na Grécia Antiga e no Egito, onde massas assadas com coberturas simples eram consumidas.

A versão moderna da pizza, com molho de tomate e queijo, ganhou popularidade em Nápoles.

Em 1889, a pizza Margherita foi criada em homenagem à rainha Margherita de Savoia, com as cores da bandeira italiana: vermelho (tomate), branco (mozzarella) e verde (manjericão).

Principais ingredientes

Os ingredientes básicos de uma pizza tradicional incluem:

– Massa: geralmente feita de farinha de trigo, água, fermento e sal.

– Molho de tomate: preparado com tomates frescos ou enlatados, temperados com alho, azeite, sal e especiarias.

– Queijo: o mais comum é a mozzarella, mas outras variedades de queijo também são utilizadas dependendo do tipo de pizza.

– Coberturas: podem variar amplamente, incluindo pepperoni, cogumelos, pimentões, cebolas, azeitonas, anchovas, entre outros.

Outras informações importantes

Variedades

: Existem inúmeras variedades de pizza ao redor do mundo, adaptadas aos gostos e ingredientes locais. Algumas das mais famosas incluem a Pizza Napolitana, Pizza Romana, Pizza Siciliana, entre outras.

Património cultural: Em 2017, a arte dos pizzaiolos napolitanos foi reconhecida como Património Cultural Imaterial da Humanidade pela UNESCO, destacando a importância cultural e histórica desta prática.

Consumo global: A pizza é consumida em praticamente todos os países, com adaptações locais que refletem a diversidade cultural e gastronómica de cada região. Nos Estados Unidos, por exemplo, a pizza de estilo nova-iorquino e a pizza de Chicago são extremamente populares.

A Pizza em Portugal

A pizza tem um lugar especial no coração dos portugueses, adaptando-se aos paladares locais e ganhando variações únicas que refletem a rica cultura gastronómica do país.

A pizza começou a ganhar popularidade em Portugal a partir das décadas de 1970 e 1980, com a abertura das primeiras pizzarias e a introdução de cadeias internacionais.

Com o tempo, a pizza consolidou-se como uma opção de refeição apreciada por muitos, desde os restaurantes mais sofisticados até às pizzarias de bairro.

Ingredientes típicos

Embora as pizzas tradicionais italianas como a Margherita e a Quattro Stagioni sejam bastante populares, os portugueses também criaram suas próprias variações, incorporando ingredientes típicos da culinária local, como o chouriço, o fiambre, o bacon e azeitonas.

A dieta mediterrânica, que é predominante em Portugal, influencia as escolhas de ingredientes, favorecendo produtos frescos e de alta qualidade.

Em Portugal, é comum acompanhar a pizza com um bom vinho português, tornando a experiência gastronómica ainda mais rica e agradável.

Eventos e cultura

Em Portugal, o Dia Mundial da Pizza também é comemorado, com várias pizzarias oferecendo promoções e eventos especiais.

Além disso, a pizza é uma escolha popular para reuniões familiares e encontros entre amigos, sendo apreciada por pessoas de todas as idades.

imagem