Efemérides para lembrar ou celebrar em Março

No mês de Março,

sugerimos estas efemérides para lembrar ou mesmo celebrar, se for o caso disso:

Dia 1 (1290) – O Rei D.Dinis cria, em Lisboa, o “Estudo Geral“, que daria origem à primeira Universidade Portuguesa;

Dia 2 (1989) – Cavaco Silva, primeiro-ministro português, inicia uma visita oficial de quatro dias à Guiné-Bissau.

Dia 3 (1977) – Em Portugal, a Assembleia da República decide solicitar a adesão do país à Comunidade Europeia (CEE);

Dia 4 (1998) – Em resultado de um conflito entre o Presidente da República e o Governo, o Almirante Fuzeta da Ponte é exonerado do cargo de chefe do Estado-Maior das Forças Armadas, a primeira vez que tal aconteceu desde o 25 de Abril.

Dia 5 (1951) – Os ministros dos Negócios Estrangeiros da Inglaterra, da França, EUA e URSS reúnem-se em Paris para preparar a agenda de uma futura conferência, mas o problema do desarmamento impede qualquer progresso nas negociações, até 21 de Junho.

Dia 6 (1836) – O Forte de Alamo, em Santo António, Texas (EUA), cai em poder do exército mexicano, após 13 dias de cerco, no qual pereceram o lendário David Crockett e outros 186 defensores norte-americanos;

Dia 7 (1989) – Um relatório do Departamento de Estado dos EUA reconhece que a Indonésia viola os direitos humanos e exerce a tortura em Timor-Leste.

Dia 8 (1921) – Tropas francesas ocupam Dusseldorf e outras cidades no Rur, devido ao não pagamento das indemnizações de guerra por parte da Alemanha.

Dia 9 (1980) – Em Espanha, os Bascos elegem, pela primeira vez, o seu parlamento regional autónomo;

Dia 10 (1988) – Em Portugal, o primeiro-ministro Cavaco Silva inicia uma visita a Londres, devendo estar em foco conversações sobre a situação em Angola.

Dia 11 (1975) – Em Portugal, ocorre a tentativa de um golpe militar (precipitado ou provocado?), em que esteve envolvido o ex-presidente António de Spínola, e cujo fracasso abriu caminho à experiência colectivista;

Dia 12 (1975) – Em Portugal é constituído o MFA (Movimento das Forças Armadas) como órgão superior da Revolução, tendo à cabeça o Conselho da Revolução, com poderes legislativo e executivo;

Dia 13 (1975) – Em Portugal efectuam-se dezenas de prisões arbitrárias e dá-se início às nacionalizações generalizadas, começando pela banca.

Dia 14 (1961) – Deflagra no Norte de Angola uma onde de violência contra a presença portuguesa que leva Portugal a entrar em luta, até 25 de Abril de 1974.

Dia 15 (1147) – D. Afonso Henriques conquista Santarém aos mouros;

Efemérides na segunda parte do mês…

Dia 16 (1974) – Em Portugal, gorou-se à nascença a revolta militar das Caldas da Rainha;

Dia 17 (1756) – O Papa Bento XIV canoniza a Princesa Joana, padroeira da cidade de Aveiro;

Dia 18 (1957) – A CEE (Comunidade Económica Europeia, que deu origem à actual União Europeia) passa a ter uma moeda comum, o ECU (European Current Unity);

Dia 19 (1993) – Um plebiscito aprova a nova Constituição Portuguesa.

Dia 20 (1995) – Doze mortos e 5 mil hospitalizados em Tóquio, por intoxicação com gás sarin, encontrado mais tarde em posse da seita Aum Shinrykio (“Verdade Suprema”). A 16 de Maio, o líder espiritual da seita, Shoko Asahara, é preso.

Dia 21 (1965)Martin Luther King encabeça uma manifestação de quatro mil pessoas, de Selma até Montgomery, no Alabama, a fim de entregar uma petição sobre as queixas dos negros.

Dia 22 (1998) – Cerca de 16 mil pessoas participam numa «megafeijoada» realizada no tabuleiro da Ponte vasco da Gama, uma semana antes desta ser oficialmente inaugurada (29 de março).

Dia 23 (1871) – Na Bélgica, cem mil agricultores percorrem as ruas de Bruxelas, deixando um rasto de destruição e cento e cinquenta polícias feridos.

Dia 24 (1976) – Golpe militar na Argentina que depõe Isabel Perón, ficando Chefe de Estado o General Jorge Rafael Videla;

Dia 25 (1928) – O general Óscar Carmona é eleito para a chefia do estado português.

Dia 26 (1979) – Assinatura, em Camp David, nos EUA, do tratado de paz entre o Egipto e Israel;

Dia 27 (438 a.C.) – Data provável da inauguração do Parthenon, de Atenas;

Dia 28 (1930) – O nome de Constantinopla é mudado para Instambul, e o de Angora para Ancara.

Dia 29 (1983) – Na RFA (República Federal Alemã) os democratas-cristãos vencem as eleições, continuando Helmut Kohl como chanceler federal.

Dia 30 (1990) – O Parlamento da Estónia vota a favor da independência, deixando, contudo, aberta a negociação com a URSS.

Dia 31 (1994) – Na Bósnia-Herzegovina, as forças sérvias bombardeiam áreas de segurança na Goraz-de e Srebrenica.

No mês de Março nasceram as seguintes personalidades:

No dia 5 de Março de 1925, nasceu Luís Filipe Lindley Cintra

Luís Filipe Lindley Cintra nasceu em Espariz, Tábua. Foi e é, sem dúvida, uma das figuras principais da Linguística portuguesa.

Toda a sua actividade científica foi desenvolvida na Faculdade de Letras da Universidade de Lisboa, onde se licenciou e doutorou em Filologia Românica, e onde exerceu toda a sua actividade docente, de assistente a professor extraordinário e catedrático. Faleceu em Lisboa, no dia 18 de Agosto de 1991. Ler+.

No dia 18 de Março de 1926, nasceu Augusto Abelaira

Augusto José de Freitas Abelaira nasceu em Ançã, Cantanhede. Foi escritor, professor, tradutor, jornalista, dramaturgo, romancista, director de programas na RTP e director das revistas “Seara Nova” e “Vida Mundial”. Ler+.

No dia 20 de Março de 1913, nasceu Ilse Losa

De seu nome completo Ilse Lieblich Losa, nasceu em Melle-Bauer (Alemanha). Escritora portuguesa de origem judaica, dedicou a sua vida à tradução e à literatura infanto-juvenil.  Ler+.

No mês de Março morreram as seguintes personalidades:

No dia 1 de Março de 1923, faleceu Camilo Pessanha

Camilo de Almeida Pessanha faleceu no dia 1 de Março de 1926, em Macau, devido ao consumo excessivo de ópio.

Apesar da pequena dimensão da sua obra, é considerado um dos poetas mais importantes da língua portuguesa, o expoente máximo do simbolismo em língua portuguesa, além de antecipador do princípio modernista da fragmentação. Ler+.

No dia 4 de Março de 1911, faleceu Fialho de Almeida

De seu nome completo José Valentim Fialho de Almeida, faleceu em Cuba (Beja – Alentejo).

Panfletário maior da literatura portuguesa, “título” que obteve com a publicação d’Os Gatos, entre 1889 e 1894. Fialho de Almeida assegurou também uma vasta colaboração na imprensa da época, escrevendo folhetins, crónicas, críticas literárias e teatrais. Ler+.

No dia 5 de Março de 1917, faleceu Manuel de Arriaga

Manuel José de Arriaga Brum da Silveira, primeiro presidente da República Portuguesa, faleceu em Lisboa, no dia 5 de Março de 1917. Ler+.

No dia 10 de Março de 1923, faleceu Basílio Teles

Basílio Teles morreu no dia 10 de Março de 1923, no Porto.

Depois de ter abandonado a Escola Médico-Cirúrgica, devido a um conflito com um professor, leccionou as disciplinas de Literatura, Filosofia e Ciências Naturais. Ao mesmo tempo que escrevia para alguns jornais políticos e literários, defendendo os ideais republicanos. Ler+.

 

Se quiser receber no seu email os novos artigos publicados, subscreva a nossa Newsletter!

Mantemos os seus dados privados e nunca os partilharemos com terceiros.
Leia a nossa Política de privacidade.