Encomendação das Almas – Tradições da Quaresma

Rezemos um Pai Nosso
Em louvor de São Mateus
Não temos mais tempo
Agora ficai com Deus.

E tudo seja pelo divino
Amor de Deus,
E tudo seja pelo divino
Amor de Deus.

Fonte

“Encomendação das Almas” – Manigoto (Guarda)     

Acorda, cristão, acorda
Desse sono em que estais
Rezai mais um Padre-Nosso
Por alma de vossos pais

Acorda cristão acorda
Desse sono tão profundo
Lembra-te das benditas almas
Que lá estão no outro mundo

Acorda cristão acorda
Desse sono em que estás dormindo
Lembra-te das benditas almas
Que lá estão em gritos vivos

Acorda cristão acorda
Desse sono impertinente
Lembra-te das benditas almas
Que lá estão no fogo ardente

Acorda cristão acorda
É tempo de acordar
Lembra-te das benditas almas
Que lá estão a penar

Ó cristão se tu és terra
Lembra-te que hás-de morrer
Hás-de dar direitas contas
Do teu bom e mau viver

Rezai mais um Padre-Nosso
Ao Senhor do Sacaparte
Que nos ponha as nossas almas
À sua direita parte

Não caiais na tentação
Como o sol cai na geada
Que andam p’ra nos atentar
Os três inimigos d’alma

O primeiro é o mundo
Que o’êmos de deixar
O segundo é o demónio
Que anda p’ra nos atentar
O terceiro é o nosso corpo
Qu’ em bichos há-de acabar.

Fonte: site desativado (recolha junto de Artur Simões Baraças) | Fonte da imagem de destaque