Fertilização do solo através da adubação verde

E o que são as propriedades biológicas?

As propriedades biológicas do solo têm a ver com a vida que nele existe

Fertilização do solo através da adubação verde
Propriedades biológicas do solo

Efeitos dos adubos verdes sobre as propriedades biológicas do solo:

– aumenta a actividade de microorganismos;

– e aumenta a actividade de micorrizas;

– aumenta a actividade das bactérias;

– também aumenta a actividade de minhocas;

Funções e benefícios

– Adubação azotada

– As leguminosas contêm cerca de 0,4 a 0,7% de carbono (N) na sua massa vegetal fresca;

– As leguminosas têm a capacidade de fixar Azoto orgânico sintetizado da atmosfera no solo pelas bactérias Rhizobium;

– Constitui uma forma mais barata de adubação azotada e tem um carácter não poluente;

– Extracção de nutrientes retidos nas partículas de solo:

– Solubilização de nutrientes pouco solúveis

– Recuperação de N na forma de nitrato, que depois de decomposto e mineralizado o vai restituir à camada superficial do solo;

– Mineralização de húmus estável

O enterramento de adubo verde provoca o estímulo da actividade microbiana e mineralização do húmus existente, formando composto pré-húmico – formação de uma certa quantidade de húmus jovem;

– Inibição da germinação de sementes de infestantes, provocada pelo ensombramento da cobertura de um adubo verde;

– Adventícias vão diminuir a sua presença, devido à melhoria da estrutura do solo conferida pelos adubos verdes;

Adubo verde sob coberto

Adubos verdes entre as linhas de culturas (milho, trigo e hortícolas)

Objectivo: conseguir uma decomposição mais rápida dos restos de cultura que ficam no terreno, após a colheita.

Cultura – Adubo verde

MilhoTrevo branco, trevo subterrâneo ou lupulina, ou misturas (trevo branco +azevém), (trevo branco + ervilhaca vilosa)

TrigoTrevo branco ou lupulina

HortícolasTrevo branco anão ou espinafre

Condições de eficácia – Instalação

A fertilização pode ser necessária em alguns adubos verdes (fosfatos, em particular), antes ou durante a sementeira, adubação de fundo, onde os nutrientes são posteriormente devolvidos à cultura

Na sementeira de leguminosas – efectuar a inoculação das sementes com o Rhyzobium específico;

A taxa de humidade deverá ser suficiente para assegurar germinação; Se o terreno está muito compacto, efectuar subsolagem ou escarificação;

Enterramento

Mínimo de 3 a 4 semanas antes da instalação da cultura;

Destrocar (esmiuçar) o adubo verde antes de o enterrar;

Não exceder uma profundidade superior a 20 cm

“Mulching”

Se simplesmente cortados, destroçados ou não, ficarem a cobrir o terreno em jeito de cobertura ou “mulching” vegetal tem também efeitos benéficos que por vezes podem ser superiores

Fertilização do solo através da adubação verde
Parcela de adubo verde numa horta biológica
Fertilização do solo através da adubação verde
Cegando o adubo verde – “mulshing”

Imagem inseridas e texto retirado da internet, editado e adaptado | Imagem de destaque