Festivais Internacionais de Folclore em Portugal – CIOFF 2018

 

«O CIOFF® (Conselho Internacional de Organizações de Festivais de Folclore e Artes Tradicionais) é Parceiro Oficial da UNESCO, acreditado para o Comité de PCI. Criado em 1970, a missão do CIOFF® é salvaguardar, promover e difundir a cultura tradicional e o folclore.

A Associação CIOFF Portugal representa Portugal junto do CIOFF® e os seus membros constituem uma rede de festivais e grupos Portugueses.

Os Festivais CIOFF® promovem o intercâmbio cultural e a Paz entre os Povos. Neles participam grupos nacionais e pelo menos 5 grupos estrangeiros, que apresentam espetáculos de dança e música ao vivo, artesanato, workshops, jogos tradicionais, etc. Em Portugal existem diversos Festivais CIOFF® e Festivais Associados, que envolvem na sua organização mais de 1.000 voluntários anualmenteFonte

 

Danças do Mundo – Festival Internacional de Folclore nas Terras da Feira

19 a 29 de Julho de 2018

Casa da Gaia – CCDR | Rua da Casa da Gaia, 273 | 4505-041 Argoncilhe- Santa Maria da Feira – Saber mais aqui.

«O “Danças do Mundo” é um festival promovido pela associação CASA DA GAIA – Centro de Cultura Desporto e Recreio de Argoncilhe. Decorre todos anos na 2ª Quinzena de Julho e tem como anfitrião o Grupo Folclórico das Terras da Feira – Casa da Gaia. Constitui um dos eventos de animação turística mais aguardados no Concelho da Feira. É um evento que envolve cerca de 500 participantes. Habitualmente conta com a participação de 7 grupos estrangeiros e 6 grupos nacionais oriundos de diferentes regiões de Portugal. Tem a duração de 12 dias. Durante este período de tempo um número razoável de voluntários sócios e não sócios trabalham arduamente para que tudo corra bem e para que os grupos visitantes vejam o “Danças do Mundo” como um dos melhores festivais pelos quais já passaram. É considerado um dos maiores festivais da zona norte do País. Percorre cerca de 12 freguesias das 31 que constituem o concelho de Santa Maria da Feira e um número razoável de concelhos vizinhos. É visto anualmente por cerca de 50.000 pessoas.

A sua programação é composta por diversas galas como é exemplo a gala de abertura, a gala nacional e a gala internacional, além das pequenas galas que são realizadas pelo concelho de Santa Maria da Feira e concelhos limítrofes. São também realizados ao longo deste período, diversos workshops de dança, jogos tradicionais, festas temáticas e visitas turísticas.

O “Danças do Mundo” é uma mistura de culturas onde predomina a amizade, a alegria e a tradição.»

 

Festarte – Festival Internacional de Artes e Tradições Populares de Matosinhos

27 de Julho a 5 de Agosto de 2018

Rua Óscar da Silva, 146  | Rua Luis José Alves, 425 2º Esq. | 4450-752 Leça da Palmeira / Matosinhos – Saber mais aqui.

«Há duas formas de conhecer um país: viajar pela sua epiderme, observando apenas aquilo que ela apresenta à superfície ou, então, descobrir e tomar pulso à sua alma. A Alma do seu povo, feita de sons, cores, movimentos, sabores e saberes.

Dos cálidos ambientes mediterrânicos, ao exotismo do oriente, passando pelos tórridos cenários africanos, pelo calor contagiante da América Latina, ou pelas refrescantes paisagens da Europa, o Folclore encontra em Matosinhos um espaço privilegiado de fusão e partilha.

O FESTARTE (Festival de Artes e Tradições Populares) traz a Matosinhos a cor, os sons, o artesanato e a gastronomia dos países do mundo. Com o folclore como espelho da humanidade, vamos à descoberta da saudável convivência com outras culturas, e mostrar, a quem nos visita, a qualidade da nossa hospitalidade.»

 

‘FestiMaiorca’ Festival Internacional de Folclore de Maiorca

20 a 26 de Julho de 2018

Rua Poeta João de Lemos | 3090-466 Maiorca – Saber mais aqui.

Em 1991, o Festival Internacional de Folclore de Maiorca recebeu um novo nome: FESTIMAIORCA e, desde 2002, ocupa um lugar proeminente no calendário dos festivais internacionais de folclore que ocorrem em Portugal, sob o símbolo de C.I.O.F.F. – Conselho Internacional de Organizações do Festival Folclórico e Artes Folclóricas.

 

 

 

 

Festival Internacional de Folclore – Alto Minho

17 a 22 de Julho de 2018

Parque Empresarial da Praia Norte, Lote 18 | 4900-350 Viana do Castelo – Saber mais aqui.

«Reconhecido pelo CIOFF desde 2006, este festival tem acolhido grupos de diferentes países do mundo e percorrido um caminho de consolidação que tem permitido ganhar credibilidade, colocando Viana do Castelo no percurso dos mais importantes festivais internacionais de Folclore da Europa.

É organizado pela VianaFestas e AGFAM, com o apoio da Câmara Municipal de Viana do Castelo e CIOFF.»

 

 

 

Festival Internacional de Folclore “Celestino Graça”

4 a 10 de Setembro de 2018

Campo Infante da Câmara – Santarém | Centro Etnográfico “Celestino Graça” – Apartado 363 | Campo Infante da Câmara – Apartado 363 | 2001-905 Santarém – Saber mais aqui.

«O Festival Internacional de Folclore de Santarém realiza-se desde 1958, tendo surgido no âmbito da Feira do Ribatejo. Celestino Graça criou e desenvolveu este Festival, o qual foi membro fundador do CIOFF® em 1971, em França. A partir de 1995 a designação do Festival passou a incluir o nome do seu fundador, em sua homenagem.»

 

 

 

 

Festival Internacional de Folclore Rio

20 a 30 de Julho de 2018

Largo Guilherme Gomes Fernandes | 4755-060 Barcelinhos – Saber mais aqui.

«O Festival Internacional de Folclore Rio teve a sua origem em 1980. Apesar de inicialmente não se identificar com os festivais CIOFF hoje existentes, a procura de um momento em que pudesse haver um intercâmbio de culturas, levou o Grupo Folclórico de Barcelinhos a organizar um festival de folclore com a participação de grupos oriundos da vizinha Espanha. Mais tarde, concretamente a partir de 1989, foi-se alargando a outros países, tendo em 2002 recebido o diploma de reconhecimento oficial de festival CIOFF.

Durante a sua existência, o festival acolheu representantes dos cinco continentes, tendo já passado pelo palco principal, junto à margem esquerda do rio Cávado, cerca de 75 grupos estrangeiros e nacionais em representação de mais de 40 países. A sua realização acontece anualmente por volta da última semana de Julho. Durante os cerca de 10 dias do festival, os participantes têm oportunidade de partilhar com o vasto público vários momentos que envolvem, sobretudo, as danças e cantares, a gastronomia e o artesanato.»