Concerto de Natal em Belinho – Esposende

O Município de Esposende vai promover, no próximo dia 8 de dezembro, às 17h00, na Igreja Paroquial de Belinho, um Concerto de Natal com o Coro Sénior de Esposende, com entrada livre.

O Coro Sénior de Esposende, sob a direção artística e musical de Ana Carolina Capitão e Luís Miguel Clemente, interpretará canções natalinas, com melodias e ritmos musicais muito simples, mas dando a cada uma o seu toque especial.

Os temas a apresentar vão ser: “Natal dos simples”, “kumbaya my lord, kumbaya”, “Aleluia”, “Só aos anjos a lua sorri”, “Feliz Natal”, “Eis dos anjos a harmonia!” e “Noite Feliz!

Este é um repertório que transmite o verdadeiro espírito do natal através de lindas melodias, ao atribuir-lhes uma sonoridade única, em que são cantadas e reinterpretadas, enchendo-nos o imaginário, pois o Natal é tempo de emoções e de sentimentos partilhados.

Este concerto conta com o apoio da Fábrica da Igreja Paroquial de Belinho, da União das Freguesias de Belinho e Mar e do Centro Social da Juventude de Belinho.

O Coro Sénior de Esposende, é um projeto com forte componente social e solidária, iniciado em 2016, assente na promoção de relações de afeto e solidariedade, desenvolvido no âmbito do Ativo + l Programa de Envelhecimento Ativo.

É dinamizado pela Rede Social de Esposende, em articulação com todas as Instituições Particulares de Solidariedade Social do concelho com respostas sociais para a terceira idade e conta com a cooperação das Juntas de Freguesia.

O Coro Sénior de Esposende assenta numa dinâmica em que coralistas e organizações, imbuídos de um espírito de compromisso e empenho, tem potenciado o enriquecimento do projeto com os seus contributos, saberes e vivências, fomentando uma longevidade bem-sucedida.

Por esta via, o Município dá cumprimento aos 17 Objetivos de Desenvolvimento Sustentável da Agenda 2030 da ONU.

Cartaz de divulgação do Concerto de Natal em Belinho - Esposende - 8 de Dezembro de 2019

Fonte (texto adaptado)

17 Objetivos de Desenvolvimento Sustentável (ODS)

Os 17 Objetivos de Desenvolvimento Sustentável (ODS) são a nossa visão comum para a Humanidade e um contrato social entre os líderes mundiais e os povos”, disse o secretário-geral da ONU, Ban Ki-moon. “São uma lista de coisas a fazer em nome dos povos e do planeta e um plano para o sucesso”, acrescentou.

Os 17 ODS, aprovados por unanimidade por 193 Estados-membros das Nações Unidas, visam resolver as necessidades das pessoas tanto nos países desenvolvidos como em desenvolvimento, enfatizando que ninguém deve ser deixado para trás.

Os ODS foram pensados a partir do sucesso dos Objetivos de Desenvolvimento do Milénio (ODM) – entre 2000 e 2015 – e têm como objetivo ir mais longe para acabar com todas as formas de pobreza.

Trata-se de uma agenda alargada e ambiciosa que aborda as três dimensões do desenvolvimento sustentável: social e económica, aspetos ambientais, bem como importantes questões relacionadas com a paz, a justiça e instituições eficazes.

A mobilização dos meios de implementação, incluindo os recursos financeiros, tecnologia de desenvolvimento e transferência de capacitação, bem como o papel das parcerias, são também reconhecidos como fundamentais. Fonte