Jornada teórico-prática sobre “Voláteis e Óleos Essenciais”

 

Vai realizar-se no próximo dia 8 de março de 2019, na Faculdade de Ciências da Universidade de Lisboa – Departamento de Biologia Vegetal, uma jornada teórico-prática sobre “Voláteis e Óleos Essenciais“, promovida pelo Centro de Biotecnologia Vegetal | CESAM-Ciências, com o seguinte programa:

A realização desta iniciativa está condicionada a um número mínimo de 6 participantes e máximo de 14, e tem um custo de 70€ | Estudantes: 60€.

Para efeitos de participação, é necessário o envio do formulário de inscrição (disponível aqui), devidamente preenchido e acompanhado de comprovativo de pagamento, até 28 de fevereiro de 2019, para o e-mail: acfs@fc.ul.pt

Irá realizar-se, simultaneamente, uma Mostra de matéria-prima vegetal, óleos essenciais, hidrolatos e derivados, na qual estarão presentes:

AchBrito | Cantinho das Aromáticas | Aromas do Valado | Casa do Outeiro | dō Terra | Ervital | Ervitas Catitas | Grupo Marques | Herdade de Vale Côvo | Nossas Raízes | OurOlivesYourSoap | Planalto Dourado | Plena Natura | Proentia | Quinta das Lavandas | Segredo da Planta | Socidestilda

Esta jornada teórico-prática conta com o apoio de:

AchBrito | Aromas do Valado | Cantinho das Aromáticas | Casa do Outeiro | Chá Gorreana | Ervital | Ervitas Catitas | Plena Natura | Segredo da Planta | Socidestilda

[themoneytizer id=”18933-16″]

 

O Centro de Biotecnologia Vegetal

As atividades de pesquisa da CPB têm sido focadas nas culturas in vitro, com ênfase particular nas culturas de raízes de cabelo como sistemas de produção de produtos naturais, a saber, óleos essenciais. Além disso, a caracterização química e molecular de espécies de plantas endêmicas, bem como o estudo de estruturas secretoras, visando melhor conhecimento, valorização e conservação dos recursos nacionais de biodiversidade vegetal, com potencial interesse econômico, é outro tópico no qual o PBRG tem sido particularmente preocupado.

1) Análise Fitoquímica e Molecular – Avaliação da correlação entre a composição volátil e marcadores moleculares e, além disso, a caracterização molecular de genes da terpeno sintetase visando esclarecer como a produção de terpenos, a saber, monoterpenos, é regulada. Identificação de genótipos interessantes, particularmente aqueles que produzem óleos essenciais contendo compostos bioativos.

2) Cultura in vitro – Aumentar e / ou modificar a produção de voláteis por cultura de raiz pilosa e micropropagação, pela manipulação do meio de cultura e das condições de fotoperíodo, diferentes fontes e proporções de nitrogênio, adição de precursores ou elicitores. Nas culturas de raiz pilosa, indução de regenerantes, cultura em um biorreator e em um sistema de duas fases e biotransformação também serão testados. Compreender o comportamento da cultura da raiz pilosa e revelar algumas vantagens deste sistema in vitro para a produção dos diferentes tipos de metabólitos secundários que podem ser encontrados em voláteis de plantas.

3) Biologia da Secreção Vegetal – Levantamento dos diferentes tipos de estruturas secretoras nos órgãos vegetativos e reprodutivos de plantas medicinais e aromáticas. Caracterização morfo-anatômica dessas glândulas, estudo ultraestrutural de suas células e identificação histoquímica das principais classes de compostos presentes no material secretado. A integração geral desses dados aumenta nossa compreensão dos processos de secreção celular e das funções fisiológicas e ecológicas das secreções de plantas. Fonte