A Idade dos Reis – diversos períodos da História

 

O período que decorre entre o assassinato de Henrique IV de França e a Guerra da Independência da América é, por vezes, designado por «Idade dos Reis», porque a marcha dos acontecimentos foi dominada por um certo número de monarcas excepcionais, muitos deles com poderes ditatoriais, que pensavam serem deles por direito próprio. A idade do «divino direito dos reis» foi claramente anunciada por Jaime I de Inglaterra, mas foi também aí que o conceito foi mais fortemente atacado. Carlos I, filho de Jaime I, foi decapitado por «traição contra a Estado», e todos os monarcas ingleses que se lhe seguiram tiveram os seus poderes muito reduzidos.

Em França, o quadro era muito diferente. Três reis chamados Luís – Luís XII, XIV e XV -, cujos reinados somados cobriram cento e sessenta e quatro anos, exerceram o poder absoluto diretamente ou através dos seus ministros. A história da Rússia durante este período foi dominada por Pedro, o Grande, e a da Suécia pelo seu inimigo Carlos XII. As rivalidades de Frederico, o Grande, da Prússia e da imperatriz Maria Teresa levaram a que a Europa fosse assolada pela guerra. Porém, o poder de todos estes soberanos era demasiado grande para o bem dos seus países e iria provocar o declínio da monarquia. Uma crescente ênfase na supremacia da razão sobre a religião nos assuntos humanos, um legado da Renascença, ajudou a esse declínio e serviu para espalhar os conhecimentos científicos.

Algumas datas importantes, na Europa

1611 – É completada uma versão autorizada da Bíblia, em Inglaterra.

            Colonização do Ulster.

1614 – São convocadas todas as classes sociais em França, para os Estados Gerais.

1618 – Guerra dos Trinta Anos (até 1648).

1624 – Richelieu é primeiro-ministro em França.

1640 – Os Portugueses revoltam-se contra o domínio espanhol (Restauração da Independência).

1641 – Revolta dos irlandeses católicos.

1642 – Guerra civil em Inglaterra (até 1646).

1648 – Tratado de Vestefália.

             Revolta da Fronda, em Paris (até 1649).

1649 – É executado Carlos I de Inglaterra.

            Estabelecido na Rússia o regime de servidão.

1651 – Batalha de Worcester.

1652 – Guerra anglo-holandesa (até 1654).

1660 – Carlos II recupera o trono de Inglaterra.

1661 – Luís XIV, monarca absoluto em França.

1665 – Grande Peste em Londres.

            Segunda guerra anglo-holandesa (até 1667).

1666 – Grande Incêndio em Londres.

1672 – Guilherme II governa a Holanda.

1683 – Cerco de Viena pelos Turcos.

1686 – É formada a Liga de Augsburgo.

1688 – «Gloriosa Revolução» em Inglaterra.

1689 – Pedro I, czar da Rússia (até 1725).

1690 – Batalha de Boyne, na Irlanda.

1700 – Guerra do Norte (até 1721).

1701 – Lei do Parlamento assegurando reis protestantes em Inglaterra.

            Guerra da Sucessão em Espanha (até 1713).

1703 – Tratado de Methuen entre Portugal e Inglaterra.

1704 – Batalha de Blenheim.

1707 – Acto de União.

1715 – Primeira revolta jacobita.

1733 – Guerra da Sucessão na Polónia (até 1735).

1739 – John Wesley funda os Metodistas.

1740 – Guerra da Sucessão na Áustria (até 1748).

1745 – Revolta jacobita

1755 – Terramoto de Lisboa mata trinta mil pessoas.

1756 – Guerra dos Sete Anos (até 1763).

1762 – Catarina II, czarina da Rússia (até 1796).

1772 – Primeira partilha da Polónia.

1773 – O Papa Clemente XIV suprime os Jesuítas.

            Revolta camponesa na Rússia (até 1775).

Fontes: História – Resposta a tudo | Imagem de Jean-Marie Disdero por Pixabay

[themoneytizer id=”18933-1″]