O Movimento Escutista está em Portugal desde 1923

O Movimento Escutista foi fundado por Robert Stephenson Smith Baden-Powell (Londres, 22.02.1857 — Nyeri, 8.01.1941) no início do séc. XX:

– em 1907, realiza-se o 1º Acampamento Escutista, na Ilha de Brownsea, com 20 rapazes dos 12 aos 16 anos;

– em 1908, é publicado o livro “Escutismo Para Rapazes”,

– e, em 1909, realiza-se a primeira concentração de 11.000 Escuteiros, no Crystal Palace, em Londres.

O CNE em Portugal

Em Portugal, o Corpo Nacional de Escutas (Escutismo Católico Português) foi fundado em Braga, no dia 27 de Maio de 1923.

Foi esta a data da aprovação dos seus estatutos pelo respectivo Governador Civil, com a designação inicial de “Corpo de Scouts Católicos Portugueses”.

Foram seus fundadores, o Arcebispo de Braga, D. Manuel Vieira de Matos (natural de Poiares – Peso da Régua), e o Mons. Avelino Gonçalves (com a ajuda de mais 11 bracarenses).

Estes mantiveram os primeiros contactos com o Movimento, quando, em Roma, no ano de 1922, assistiram a um desfile de 20.000 Escuteiros, por ocasião do Congresso Eucarístico Internacional.

Os estatutos foram, ainda, confirmados, em 26 de Novembro, pela portaria nº 3824 do Ministério do Interior e da Direcção Geral de Segurança, começando a partir desse dia a existir oficialmente, com legalidade e personalidades jurídica.

A 26 de Maio de 1924 é publicado o Decreto-Lei nº 9729, que confirma a aprovação dos estatutos e alarga a todo o território português o âmbito da Associação.

A maior organização de juventude em Portugal

O Corpo Nacional de Escutas (CNE), constituído por mais de 72 mil associados,

– é a maior organização de Juventude de Portugal, Instituição reconhecida de Utilidade Pública pelo Governo, desde 1983;

– é, ainda, uma associação de juventude sem fins lucrativos, não-política e não-governamental, destinada à formação integral de jovens, com base no método criado por Baden Powell e no voluntariado dos seus membros.

O CNE está implementado em cerca de 1.100 agrupamentos locais em todos os concelhos do território continental e regiões autónomas dos Açores e da Madeira.

Dispõe de uma rede de animação e coordenação territorial apoiada em meia centena de estruturas de núcleo e regionais, tendo como executivo nacional a Junta Central, que assegura a gestão e a implementação das políticas gerais e sectoriais do CNE. Fonte

Imagem de destaque: Baden-Powell visitou Portugal a 4 de Março de 1929