Efemérides para lembrar ou celebrar em Fevereiro

No mês de Fevereiro,

sugerimos estas efemérides para lembrar ou mesmo celebrar, se for o caso disso.

Dia 1 (1908) – Assassínio, no Terreiro do Paço, em Lisboa, do rei D. Carlos e do príncipe herdeiro D. Luís Filipe; D. Manuel sobe ao trono com apenas 18 anos e João Franco é afastado do Governo. Ler+

Dia 1 (1890) – É tocada, pela primeira vez, num sarau em Lisboa, “A Portuguesa“, música que viria a tornar-se o Hino Nacional Português. Nasceu como uma canção de cariz patriótico em resposta ao ultimato britânico para que as tropas portuguesas abandonassem as suas posições em África, no denominado “Mapa cor-de-rosa“. Letra de Henrique Lopes de Mendonça e música de Alfredo Keil.

Dia 2 (1970) – O presidente egípcio, G. Nasser, denuncia a ajuda dos EUA a Israel.

Dia 3 (1468) – Data provável da morte de Gutenberg, inventor da Tipografia.

Dia 3 (1927) – Revolta no Porto, chefiada pelo general Sousa Dias, a qual também se estendeu a Lisboa, onde foi subjugada no dia 9. Ler+

Dia 4 (1904) – Início da guerra russo-japonesa: o Japão cerca Porto Artur e depressa ocupa Seul, obrigando a Coreia a anular as concessões à Rússia.

Dia 5 (1772) – É criada, no Porto, a primeira corporação de bombeiros da cidade, designada “A Companhia do Fogo”.

Dia 6 (1922) – O cardeal Achille Ratti é eleito Papa e escolhe o nome de Pio XI, sucedendo a Bento XV, falecido a 22 de Janeiro.

Dia 7 (1879) – Morre o Papa Pio IX, que proclamou o dogma da Imaculada Conceição e convocou o Concílio Vaticano I.

Dia 8 (1901) – Face às exigências russas para evacuar a Manchúria, a China faz um apelo às grandes potências e recebe o apoio da Inglaterra, Japão e Alemanha.

Dia 9 (1914) – Bernardino Machado assume a chefia do Governo, em Portugal.

Dia 10 (1962) – Kruchtchev propõe a realização de uma cimeira de dezoito nações sobre o desamarmento.

Dia 11 (1929) – O Tratado de Latrão cria o Estado do Vaticano.

Dia 12 (1975) – Os médicos da CEE (Comunidade Económica Europeia) passam a poder exercer livremente a sua profissão nos nove países da Comunidade.

Dia 13 (1972) – reúnem-se em Versalhes, na França, mil e duzentos delegados de oitenta e quatro países. numa conferência sobre a paz e a independência dos povos da Indochina.

Dia 14 (1951) – Queda do governo de David Ben-Gurion, em Israel, devido à questão da educação religiosa.

Efemérides na segunda parte do mês…

Dia 15 (1971) – Na Grã-Bretanha entra em vigor o sistema decimal.

Dia 16 (1979) – No Irão, após juízos sumaríssimos, são executados vários generais.

Dia 17 (1985) – As forças israelitas abandonam o sul do Líbano.

Dia 18 (1982) – Na Irlanda, o Fianna Fail torna-se a primeira força política ao obter 81 dos 160 lugares no Parlamento.

Dia 19 (1976) – Tendo fracassado a tentativa de acordo sobre as pescas, a Islândia corta relações diplomáticas com a Grã-Bretanha.

Dia 20 (1952) – Reunião do Conselho da NATO, em Lisboa, em que se aprova o projecto de defesa europeia, se decide a criação de cinquenta divisões e a admissão da Tunísia e de Marrocos na Aliança.

Dia 21 (1922) – Fim do protectorado inglês no Egipto.

Dia 22 (1966) – Por causa da fome, o governo indiano declara áreas de sinistro sete dos dezasseis estados da União.

Dia 23 (1869) – É abolida a escravatura em todo o território português.

Dia 23 (1916) – A pedido de Inglaterra, Portugal apreende os barcos alemães fundeados nos portos portugueses.

Dia 24 (1906) – Revolta liberal em Cuba, na sequência da reeleição do presidente Thomas Palma; a intervenção de Theodore Roosevelt conduz à formação de um governo provisório, que providenciará reformas.

Dia 25 (1980) – Distúrbios em Cabul contra a presença das forças soviéticas no Afeganistão causam quinhentos mortos.

Dia 26 (1952) – W. Churchill anuncia que a Inglaterra fabricará a sua própria bomba atómica.

Dia 27 (1900) – Fundação do Partido Trabalhista inglês, com Ramsay MacDonald como secretário.

Dia 28 (1967) – Intensificação dos bombardeamentos norte-americanos no Vietname com o uso, não só da metralhadora destruidora, mas também de herbicidas tóxicos.

Dia 29 (1984) – Na ONU, a URSS opõe o seu veto ao envio para Beirute de soldados das Nações Unidas.

No mês de Fevereiro nasceram as seguintes personalidades:

No dia 10 de Fevereiro de 1910, nasceu Jorge Brum do Canto

Foi um cineasta/realizador português de cinema, crítico cinematográfico, redactor e colaborador de várias revistas de cinema, assistente de realização, autor da planificação, assistente-geral. Foi, ainda, actor em peças teatrais filmadas pela RTP. Faleceu em Lisboa, a 7 de Fevereiro de 1994. Ler+

No dia 12 de Fevereiro de 1929, nasceu Nuno de Bragança

Nuno Manuel Maria Caupers de Bragança foi um escritor português, praticante de Boxe e pioneiro da caça submarina em Portugal. Escreveu inúmeras críticas cinematográficas. Fez parte do movimento chamado “catolicismo progressista” juntamento com João Bénard da Costa, António Alçada Baptista e Pedro Tamen, entre outros, tendo sido co-fundador da revista “O Tempo e o Modo”, de que foi colaborador assíduo. Ler+

No dia 24 de Fevereiro de 1927, nasceu David Mourão-Ferreira

David Mourão Ferreira nasceu em Lisboa, em 1927. Autor multifacetado – poeta, crítico, ensaísta, contista, novelista, romancista, cronista, dramaturgo, tradutor, conferencista, polemista.

Secretário de Estado da Cultura do último governo provisório e dos 1º e 4º governos constitucionais do pós-25 de Abril, a ele se deve, entre outras iniciativas, a criação do Museu Nacional de Literatura, no Porto. Faleceu em Lisboa, a 16 de Junho de 1996. Ler+

No dia 25 de Fevereiro de 1903, nasceu João Gaspar Simões

Foi um novelista, dramaturgo, biógrafo, historiador da literatura portuguesa, ensaísta, memorialista, crítico literário, editor e tradutor português.

No entanto, foi essencialmente como crítico literário que ficou conhecido. Juntamente com José Régio e Adolfo Casais Monteiro, fundou, em 1927, a revista Presença, que viria a ter enorme influência na literatura portuguesa. Faleceu em Lisboa no dia 6 de Janeiro de 1987. Ler+

No mês de Fevereiro morreu a seguinte personalidade:

No dia 8 de Fevereiro de 1921, faleceu Francisco de Andrade ou Francisco d’Andrade

Foi um prestigiado cantor português de Ópera barítono. Nasceu em Lisboa, a 11 de janeiro 1859. Ler+

 

Se quiser receber no seu email os novos artigos publicados, subscreva a nossa Newsletter!

Mantemos os seus dados privados e nunca os partilharemos com terceiros.
Leia a nossa Política de privacidade.