Ano Litúrgico 2020 – calendário das celebrações móveis

Ano Litúrgico de 2020

Em cada ano litúrgico…

Devem os pastores de almas velar para que, na accão litúrgica, não só se observem as leis de uma válida e lícita celebração, mas também que os fiéis nela participem consciente, activa e frutuosamente. (SC 11: EDREL 11).

A celebração eucarística, como toda a Liturgia, realiza-se por meio de sinais sensíveis, pelos quais se alimenta, fortalece e exprime a fé. Para isso, deve haver o máximo cuidado em escolher e ordenar as formas e os elementos propostos pela Igreja que, atendendo às circunstâncias de pessoas e lugares, mais intensamente favoreçam a participação activa e plena e mais eficazmente contribuam para o bem espiritual dos fiéis (IGMR 20: EDREL 930).

Celebrações móveis do ano litúrgico

Epifania do Senhor – 5 de Janeiro

Baptismo do Senhor – 12 de Janeiro

Quarta-feira de Cinzas – 26 de Fevereiro

Domingo de Páscoa da Ressurreição do Senhor – 12 de Abril

Ascensão do Senhor – 24 de Maio

Domingo de Pentecostes – 31 de Maio

Santíssima Trindade – 7 de Junho

Santíssimo Corpo e Sangue de Cristo – 11 de Junho

Sagrado Coração de Jesus – 19 de Junho

Nosso Senhor Jesus Cristo Rei do Universo – 22 de Novembro

Domingo I do Advento – 29 de Novembro

Sagrada Família de Jesus, Maria e José – 27 de Dezembro

Anúncio das celebrações móveis do ano litúrgico

Na solenidade da Epifania do Senhor, depois da leitura do Evangelho ou após a oração depois da comunhão, o diácono ou o sacerdote ou mesmo um cantor, pode fazer o anúncio destas celebrações móveis (cf. Missal Romano, p. 1382).

Irmãos caríssimos,

a glória do Senhor manifestou-se

e manifestar-se-á sempre no meio de nós,

até à sua vinda no fim dos tempos.

Nos ritmos e nas vicissitudes do tempo

recordamos e vivemos os mistérios da salvação.

O centro de todo o ano litúrgico,

é o Tríduo do Senhor crucificado, sepultado e ressuscitado,

que culminará no Domingo da Páscoa, este ano a 12 de Abril.

Em cada domingo, Páscoa semanal,

a santa Igreja torna presente este grande acontecimento,

no qual Jesus Cristo venceu o pecado e a morte.

Da Páscoa derivam todos os dias santos:

as Cinzas, início da Quaresma, a 26 de Fevereiro;

a Ascensão do Senhor, a 24 de Maio;

o Pentecostes, a 31 de Maio;

o primeiro Domingo do Advento, a 29 de Novembro.

Também nas festas da Santa Mãe de Deus,

dos Apóstolos, dos Santos

e na Comemoração dos Fiéis Defuntos,

a Igreja peregrina sobre a terra

proclama a Páscoa do Senhor.

A Cristo, que era, que é e que há-de vir,

Senhor do tempo e da história,

louvor e glória pelos séculos dos séculos.

R. Amen.

Leccionário dominical a utilizar

Leccionário dominical: Ano A.

Leccionário ferial do Tempo Comum: a primeira leitura é a dos anos pares (II).

Tempo Comum

As semanas do Tempo Comum, no ano de 2020, são 33

Antes da Quaresma, celebram-se as semanas de I a VII (de dia 13 de Janeiro, segunda-feira da I semana do Tempo Comum até ao dia 25 de Fevereiro, terça-feira da VII semana do Tempo Comum

Terminado o Tempo Pascal, celebram-se as semanas de IX a XXXIV (desde o dia 1 de Junho, segunda-feira a seguir ao Domingo de Pentecostes, até ao dia 28 de Novembro, sábado anterior ao I Domingo do Advento).

Omite-se, portanto, a semana VIII.

Fonte: Directório Litúrgico de 2020

 

Se quiser receber no seu email os novos artigos publicados, subscreva a nossa Newsletter!

Mantemos os seus dados privados e nunca os partilharemos com terceiros.
Leia a nossa Política de privacidade.