Calendário litúrgico – Março de 2022

Neste mês de Março de 2022, a Igreja Católica vive o Tempo Comum antes da Quaresma e a Quaresma, que se inicia na Quarta-feira de Cinzas, este ano a 2 de Março.

Tempo Comum são trinta e três ou trinta e quatro semanas no ciclo do ano, destinadas não a celebrar um aspecto particular no mistério de Cristo, mas o próprio mistério de Cristo na sua globalidade, especialmente aos domingos (AC 43: EDREL 881).

Tempo da Quaresma destina-se a preparar a celebração da Páscoa: a liturgia quaresmal prepara para a celebração do mistério pascal tanto os catecúmenos, através dos diversos graus da iniciação cristã, como os fiéis, por meio da recordação do Baptismo e das práticas de penitência  (CR 27: EDREL 865).

Sugestão: O essencial sobre os tempos litúrgicos da Igreja Católica

Março

1 – Terça-Feira – Terça-Feira da Semana VIII do Tempo Comum

Quaresma

2 – Quarta-Feira – Quarta-feira de Cinzas

«Teu Pai, que vê no segredo, te dará a recompensa»

O tempo da Quaresma deve ser tempo de prática mais intensa das boas obras, particularmente das chamadas “obras de misericórdia”, sob a forma mais adequada às circunstâncias de cada um; mas, em qualquer caso, tudo há-de sair do coração sincero e penitente e conduzir à renovação, cada ano mais profunda desse mesmo coração, sob o único olhar de Deus. “A discrição é o perfume de todas as virtudes”, diz um Santo.

3 – Quinta-Feira – Quinta-Feira depois das Cinzas

4 – Sexta-Feira – Sexta-Feira depois das Cinzas | MF – São Casimiro

5 – Sábado – Sábado depois das Cinzas

6 – Domingo – Domingo I da Quaresma

«Esteve no deserto, conduzido pelo Espírito, e foi tentado»

A tentação no Deserto não foi um acontecimento isolado. Foi o começo duma luta contra o «príncipe deste mundo», que se prolongará por toda a vida, atingindo o auge com a Morte em Jerusalém.

Como a de Jesus, a vida do cristão conhece também a prova da tentação. O Baptismo, que nos faz filhos de Deus, não nos introduz num estado de segurança. É antes o começo de dura caminhada, no decorrer da qual a nossa fidelidade a Deus é, muitas vezes, posta à prova.

Em todas as circunstâncias, porém, o cristão poderá ser invencível. Cristo Ressuscitado, que venceu, definitivamente, o mal, ficou na Eucaristia, para nos comunicar esse poder.

7 – Segunda-Feira – Segunda-Feira da Semana I da Quaresma | MF – Santas Perpétua e Felicidade, mártires

8 – Terça-Feira – Terça-Feira da Semana I da Quaresma | MF – São João de Deus, religiosos

9 – Quarta-Feira – Quarta-Feira da Semana I da Quaresma | MF – Santa Francisca Romana, religiosa

10 – Quinta-Feira | Quinta-Feira da Semana I da Quaresma

11 – Sexta-Feira | Sexta-Feira da Semana I da Quaresma

12 – Sábado – Sábado da Semana I da Quaresma

Sugestão: O que é a Quaresma? Tempo de conversão…

13 – Domingo – Domingo II da Quaresma

«Enquanto orava, alterou-se o aspecto do seu rosto»

A Transfiguração aparece todos os anos no Segundo Domingo da Quaresma, como anúncio da Ressurreição, de modo que, ao longo deste tempo de preparação pascal, estejamos bem conscientes de que o termo, para onde caminhamos, é Jesus ressuscitado.

A Transfiguração, lida neste Domingo depois do Domingo da Tentação, faz com ela uma espécie de preâmbulo, antes de chegarmos à parte central da Quaresma. Mortificação e glorificação, tentação e glória, morte e ressurreição, são de facto, a síntese do mistério pascal que vamos celebrar.

14 – Segunda-Feira – Segunda-Feira da Semana II da Quaresma

15 – Terça-Feira – Terça-Feira da Semana II da Quaresma

16 – Quarta-Feira – Quarta-Feira da Semana II da Quaresma

17 – Quinta-Feira – Quinta-Feira da Semana II da Quaresma | MF – São Patrício, bispo

18 – Sexta-Feira – Sexta-Feira da Semana II da Quaresma | MF – São Cirilo de Jerusalém, bispo e doutor da Igreja

19 – Sábado | S – São José, esposo da Virgem Santa Maria

20 – Domingo – Domingo III da Quaresma

«Se não vos arrependerdes, morrereis do mesmo modo»

A primeira mensagem da Boa Nova que Jesus nos traz é o anúncio da aproximação do reino dos Céus, e consequentemente o convite a acolhê-lo com o coração voltado para ele e afastado do que lhe é contrário. Esta atitude é assim uma conversão, um regresso dos caminhos do pecado, uma atitude de arrependimento em relação ao passado, uma atitude penitencial. E esta atitude do coração é fundamental na Quaresma.

21 – Segunda-Feira – Segunda-Feira da Semana III da Quaresma

22 – Terça-Feira – Terça-Feira da Semana III da Quaresma

23 – Quarta-Feira – Quarta-Feira da Semana III da Quaresma | MF – São Turíbio de Mongrovejo, bispo

24 – Quinta-Feira – Quinta-Feira da Semana III da Quaresma

25 – Sexta-Feira | S – Anunciação do Senhor

26 – Sábado – Sábado da Semana III da Quaresma

Sugestão: A Quaresma são 40 dias de renovação

27 – Domingo – Domingo IV da Quaresma

«Este teu irmão estava morto e voltou à vida»

Na parábola do filho pródigo está expresso todo o itinerário do pecador, que, pela penitência, regressa à comunhão com Deus. Da morte à vida; é precisamente este o movimento de todo o Mistério Pascal. A parábola põe em relevo sobretudo o amor, paciente e sempre acolhedor, do Pai, de Deus nosso Pai. Por isso, a esta parábola melhor se poderia chamar a parábola do Pai misericordioso.

28 – Segunda-Feira – Segunda-Feira da Semana IV da Quaresma

29 – Terça-Feira – Terça-Feira da Semana IV da Quaresma

30 – Quarta-Feira – Quarta-Feira da Semana IV da Quaresma

31 – Quinta-Feira – Quinta-Feira da Semana IV da Quaresma

Fevereiro 2022 – Calendário litúrgico – Abril 2022

Nota: S – Solenidade | F – Festa | MO – Memória obrigatória | MF – Memória facultativa | CF – Celebração facultativa

Textos sobre o Domingo retirados daqui | Imagem (editada)