Alguns alimentos que ajudam a diminuir o apetite

Alimentos para diminuir o apetite

E se pudesse comer alimentos que o(a) ajudassem a comer menos? Neste artigo vamos dar-lhe a conhecer alguns alimentos que, pelas suas características, ajudam a diminuir a sensação de fome. Fique a conhecê-los e introduza-os nas suas refeições e lanches.

Papas de aveia

Uma tigela de papas de aveia, rica em fibras, mantém o apetite afastado durante várias horas. Isso acontece sobretudo porque a aveia ajuda a aumentar os níveis da colecistocinina, uma hormona que regula o apetite do organismo. Faça deste cereal um aliado do seu regime alimentar.

Pimenta e malaguetas

As pimentas e malaguetas possuem uma substância chamada capsaicina que suprime o apetite.

Acredita-se que a capsaicina atua no sistema nervoso simpático aumentando a libertação de catecolaminas (noradrenalina e adrenalina), as quais atuam diminuindo o apetite e, consequentemente, a ingestão de hidratos de carbono, lípidos e proteínas na refeição seguinte.

As pimentas com esta substância também auxiliam no emagrecimento devido ao seu efeito termogénico (acelerando o metabolismo) e por estimularem a libertação de endorfinas, que conferem uma sensação de bem-estar e diminuem a vontade de comer. Se aprecia, aposte nos pratos picantes!

Limão

O limão inibe a compulsão por doces.

Por isso, quando lhe estiver a apetecer um bolo ou algo similar, prepare um chá de limão ou uma limonada (sem açúcar) para saciar a sua vontade. O limão também melhora a digestão dos alimentos e funciona como desintoxicante.

Salada de folhas

Se quiser reduzir o seu nível de apetite, coma uma pequena salada antes de iniciar a refeição.

Pode optar por uma salada de folhas cruas, com alface, rúcula, espinafres e agriões, por exemplo.

Além de acrescentar o aporte de vitaminas ao seu organismo, também aumenta a quantidade de fibras e água que lhe fornece (e poucas calorias). E isso faz com que o estômago fique parcialmente cheio, produzindo uma sensação de saciedade.

Sementes de linhaça e de chia

Ricas em ácidos gordos ómega 3, as sementes de linhaça expandem-se no estômago quando ingeridas, fazendo com que se sinta mais saciado. Experimente adicioná-las a iogurtes e saladas, por exemplo.

Também as sementes de chia, com o seu gosto suave a noz e alta concentração de ómega 3 e fibra, expandem-se no estômago uma vez consumidas, o que ajuda à perda de apetite. Polvilhe a suas saladas de legumes e de fruta com chia e acrescente-a a iogurtes e sumos.

Amêndoas

Pobres em hidratos de carbono e ricas em fibra, proteínas e gorduras saudáveis, as amêndoas aumentam a sensação de saciedade e ajudam na perda e manutenção do peso – desde que consumidas com parcimónia, obviamente, pois têm um elevado teor calórico.

Faça delas o seu snack de eleição (cerca de 15 g por dia) ou então opte por nozes, avelãs, pinhões, castanhas-do-brasil, amendoins, pistácios ou caju, que oferecem o mesmo resultado como supressores do apetite.

Café

Eventualmente se ingerir vários cafés por dia, poderá sentir-se agitado e nervoso. Mas uma quantidade moderada desta bebida pode ajudar a acelerar o seu metabolismo e a suprimir o seu apetite.

Porquê? Porque o café possui cafeína e antioxidantes que provocam esse efeito quando bebido puro. Por isso convém, se possível, evitar adicionar-lhe açúcar ou natas, por exemplo.

Sopa

Uma boa sopa à base de legumes (sem batata, de preferência) pode saciá-lo(a) rapidamente e mitigar o seu apetite com poucas calorias, evitando assim que coma demasiado dos pratos que se seguem.

Comece as suas refeições com um prato ou tigela de sopa ou faça mesmo desta o prato principal do seu almoço ou jantar. Para além de sentir menos fome, também ficará mais hidratado(a). São só benefícios.

Hortelã

Além de calmante, o cheiro a hortelã é um efetivo supressor do apetite. Tente acender uma vela com cheiro a hortelã ou beber um chá de menta quando tiver um ataque de fome!

Maçãs

Este fruto é capaz de suprimir o apetite por diversos motivos: é rico em fibras, água e pectina; ajuda a regular a glucose e aumenta os níveis de energia; e necessita de muita mastigação, o que faz com que o cérebro perceba mais rapidamente que o organismo está a ser alimentado, e já não necessita de sentir fome.

Outra vantagem: as maçãs não engordam!

Aqui pode ficar a saber mais sobre as maçãs!

Fonte: Continente Magazine (adaptado) | Imagem